terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Contra o Grêmio, Diego entra para tornar Flamengo mais incisivo.

Contra o Grêmio, Diego entra para tornar Flamengo mais incisivo.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

GLOBO
ESPORTE
: Além de contratar um jogador de grande reputação na Europa, o Flamengo
ganha com Diego um “plus” no setor de criação. E a estreia está
marcada para este domingo, às 11h, em Brasília, contra o Grêmio, Dos quatro
armadores de ofício que Zé Ricardo tem à disposição, o camisa 35 tem
características que o diferenciam de Alan Patrick, Mancuello e Lucas Paquetá –
o último, claro, com menos tempo para demonstrar seu estilo entre os
profissionais.

Mancu
é especialista bolas paradas, tem bom cruzamento e costumar dar boas enfiadas
no meio da defesa adversária. Alan é um exímio condutor, também tem facilidade
para cobrar faltas e de vez em quando arrisca de fora da área. Enquanto o
argentino costuma tocar e esperar a devolução para bater em gol, Patrick tem o
hábito de, com dribles e habilidade, buscar o espaço para o arremate.
Verticalidade
Diego
reúne as características de Alan e Mancu, mas tem dois diferenciais. É um
jogador vertical e carrega a bola em velocidade. Não é do estilo do camisa 35
parar na intermediária e virar o jogo. Vai para a cima e encara os adversários,
seja no talento ou na força física.
Sem medo de chutar
Hábito
que já tinha desde os tempos de Santos, o chute de fora da área acompanhou Diego
na Europa. O meia de 31 anos não se furta de arrematar à longa distância caso
abram espaço. E seu repertório é variado.
Dono
de um tiro seco e forte, ele também consegue batidas colocadas na bola. No
vídeo no topo da matéria, essa pluralidade de Diego na finalização é
demonstrada. Um golaço numa bomba contra o Barcelona fez o Atletico de Madrid,
importante para sua equipe eliminar o bicho papão da Liga dos Campeões em 2014,
indica a potência do chute de Diego.
Assistências para os centroavantes
Com
média superior a 10 assistências por temporada em sua carreira, Diego chega
para diminuir a solidão de Guerrero, que depende muito de cruzamentos e de si
próprio na briga com os zagueiros adversários. O ex-santista tenta bastante os
passes curtos no meio da defesa rival, do jeito que o peruano e Leandro Damião
gostam.
Atua aberto se precisar
Assim
como Mancuello e diferentemente de Alan Patrick, Diego também é opção para
beirada do campo, pelo lado direito, no caso de Zé Ricardo optar pelo 4-4-2.
Não fica tão centralizado quanto Alan e costuma se mexer de uma ponta para a
outra.
Passes em profundidade
Além
do que já demonstrou nestes quase 15 anos de carreira como profissional, Diego
exibiu nos jogos-treino pelo Flamengo o hábito de voltar para tentar passes
diagonais, ora rasteiros ora aéreos para pontas e laterais. A batida seca
nestes lançamentos em profundidade permite que jogadores velozes como Rodinei,
Pará, Everton e Fernandinho cheguem com a bola dominada no canto da área.
Contra o Grêmio
Embora
Mancuello tenha jogado mal contra o Sport, a exemplo de toda a equipe,
esperava-se que o meia iniciasse a partida contra o Grêmio, neste domingo.
Porém nos últimos dois treinos da semana, realizados a portões fechados à
imprensa, Zé Ricardo iniciou as atividades com Gabriel na ponta direita,
deixando Diego sozinho na armação. A dúvida sobre quem joga entre o gringo e o
baiano se acabará às 11h deste domingo, no Mané Garrincha.

MAIS LIDOS

Domenec agradece: Conheça os jovens jogadores chamados ao Equador

Domenec terá quatro jogadores pouco conhecidas por ele (e até nós) para a partida desta terça-feira pela Libertadores. Natan, João Lucas, Guilherme Bala e...

Torcedores pedem para adiar o jogo do Flamengo

O Flamengo confirmou nesta segunda-feira o sétimo contaminado pelo Novo Coronavírus. Com tantos desfalques e risco iminente de um surto dentro do Rubro-negro, com...

O futebol não foge do mundo exterior

Desde que o Flamengo anunciou seus infectados, torcedores tem buscado nas redes sociais "explicações" para isso ter acontecido, como se o futebol fosse aquém...

Onde assistir Barcelona x Flamengo ao vivo

O Flamengo não está vivendo dias fáceis. Enquanto no Brasileirão vem de uma dura derrota para o Ceará, na Libertadores o Rubro-negro passou uma...