sexta-feira, setembro 18, 2020
Início Notícias Contratações Flamengo propõe rescisão, mas Lucas Mugni adia resposta.

Flamengo propõe rescisão, mas Lucas Mugni adia resposta.

Flamengo tenta a rescisão com Lucas Mugni – Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

GLOBO
ESPORTE
: Novela de “menor audiência” nos bastidores rubro-negros, o
meia Lucas Mugni segue sem definir seu futuro na Gávea e evita responder a
diversas propostas que recebe, sejam de interessados ou do próprio Flamengo. A
última oferta foi feita recentemente: o clube propôs um acordo de rescisão que
incluiria pagamento de boa parte do contrato, cujo fim está marcado para 26 de
janeiro de 2018. O argentino, porém, não respondeu.

Mugni
já foi informado de que não faz parte dos planos do Flamengo. Mesmo assim, do
ano passado até então, rejeitou propostas de empréstimos feitas por
Atlético-PR, Vitória e América-MG. Tal postura irritou e muito a direção
rubro-negra, que está insatisfeita por pagar R$ 150 mil mensais a um jogador
que não atua nem se valoriza para uma eventual transferência. As negativas ao
trio brasileiro sempre foram pautadas no argumento de que só aceita “jogar
em clube grande”. Na última recusa, ao Coelho, em julho, o diretor
executivo Rodrigo Caetano externou a bronca com a situação.
– Ele
não quer (o América-MG) e disse que o atual agente, um argentino que eu não
conheço, virá conversar conosco sobre outras possibilidades. Já fui claro para
ele que já é a terceira proposta de clube do Brasil que ele não aceita. O clube
tem contrato com ele, tem que cumprir, e infelizmente ele não manifestou
interesse de não atuar em nenhum dos que procuraram. Já rejeitou duas propostas
do Catar. Ele disse que tem interesse de jogar, mas não veio nada (de
propostas) por parte dele. Ele não faz parte dos planos, e o queremos na
vitrine, queremos que o Mugni jogue – afirmou ao GloboEsporte.com, em 19 de
julho.
Mugni
recebe US$ 30 mil (R$ 95,5 mil) na carteira de trabalho e outros US$ 20 mil (R$
63 mil) em contrato de imagem. O clube lhe devia 10 meses de imagem, mas desde
o retorno da Argentina, onde defendeu o Newell’s Old Boys, passou a receber em
dia.
No
clube, há uma convicção de que Mugni gosta de viver no Rio de Janeiro, e o fato
de ter que treinar separadamente não o desespera. Trabalha sempre em turno
diferente do elenco principal. Contratado em janeiro de 2014, o argentino não
atua pelo Flamengo desde maio de 2015. Há um pessimismo de que aceite um acordo
para rescindir o vínculo com o Rubro-Negro, e imagina-se que a intenção do
gringo é cumprir integralmente, deixando o clube com 26 anos de idade e com
quase mais R$ 3 milhões no bolso.

MAIS LIDOS

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...

Técnico do Del Valle afirma: “Somos muito melhores”

Na última quinta-feira (17), o Flamengo sofreu uma das maiores goleadas na sua história pela Libertadores diante do Del Valle. O resultado surpreendeu os...

Zinho avalia que o Flamengo errou ao contratar Torrent

Torrent vive o seu pior momento desde que chegou no Flamengo. Após acumular quatro vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro foi derrotado pelo...