quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias Contratações Sabella esnoba, e São Paulo quer Luxemburgo.

Sabella esnoba, e São Paulo quer Luxemburgo.

UOL – O
São Paulo não teve até o início da noite desta segunda-feira uma resposta do
argentino Alejandro Sabella e viu crescer entre vice-presidentes, diretores e
conselheiros a pressão pela contratação de Vanderlei Luxemburgo, técnico do
Flamengo.

A
mudança no Morumbi acompanha uma situação que acontece na Gávea: a diretoria do
Flamengo já não tem mais a confiança que tinha há duas semanas – quando Muricy
Ramalho deixou o cargo do São paulo – de que Luxemburgo cumprirá o contrato até
o fim do ano.

A
pressão pela contratação de Vanderlei Luxemburgo recai sobre o vice-presidente
de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro. É ele quem negocia com Alejandro
Sabella há duas semanas e quem ainda não conseguiu arrancar do argentino uma
resposta definitiva. Hoje, segundo integrantes da diretoria que defendem a
contratação de Luxemburgo, é imensa a pressão para que o vice de futebol
desista de Sabella e negocie com o brasileiro.
Esses
membros da diretoria, próximos do presidente Carlos Miguel Aidar, trabalham com
a informação que Luxemburgo aceitaria de imediato uma proposta do São Paulo
agora que foi eliminado do Campeonato Carioca (o Fla perdeu para o Vasco no
domingo). Aidar gosta da ideia de contratar Sabella, mas prefere Luxemburgo.
Ataíde não veta Luxemburgo, mas tem ampla preferência pelo argentino.
A
diretoria do Flamengo se sente neste momento em situação desconfortável. Os
dirigentes não conseguem mais uma resposta contundente de Luxemburgo sobre
continuar à frente da equipe, situação diferente da vivida antes do contato do
São Paulo – Aidar e Luxemburgo conversaram diretamente por telefone, segundo o
próprio presidente são-paulino. Incomoda aos dirigentes flamenguistas o fato de
Luxemburgo ter declarado nas últimas semanas que poderia ouvir propostas de
outros clubes, se fosse procurado. O assédio do São Paulo e a abertura dada
pelo treinador a Aidar abalou a confiança do Fla.
A
posição oficial do Flamengo, no entanto, ainda é a de que o treinador fica,
apesar de hoje a relação não ser a mesma. No São Paulo, o próprio Aidar chegou
a declarar publicamente que Luxemburgo estava descartado depois de ter dito que
cumpriria o contrato. Mas as portas ao técnico do Flamengo nunca foram de fato
fechadas. Toda a diretoria, incluindo o presidente Carlos Miguel Aidar, nunca
deixou de considerar Luxemburgo como opção após o fim do Campeonato Carioca em
caso de resposta negativa de Sabella.
A
resposta negativa de Sabella não veio. Tampouco a positiva. A espera do
argentino fez com que membros da diretoria se irritassem especialmente após a
eliminação para o Santos, na semifinal do Paulistão, no último domingo. Agora,
a pressão é para que o São Paulo tenha um técnico definido até quarta-feira,
dia em que joga ainda sob o comando de Milton Cruz contra o rival Corinthians,
pela última e decisiva rodada da Copa Libertadores – se não vencer, clube pode
ser eliminado ainda na primeira fase, algo que não acontece desde 1987.

MAIS LIDOS

Audiência do Flamengo no SBT vence a Globo; veja os números

O Flamengo jogou na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em confronto válido pela Libertadores da América. Diferentemente do jogo de ida...

Torcedores invadem perfil do Del Valle e devolvem provocações após goleada

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O torcedor do Rubro-negro ficou preocupado com o...

Flamengo se impõe e atropela Del Valle em noite de classificação garantida; veja as notas

O Flamengo entrou em campo diante do Independiente Del Valle, mais uma vez todo remendado. Mas a presença dos garotos do sub-20 parece não...

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...