Cuca pode ser o novo treinador do Flamengo

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça
a#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

Com o cargo de Paulo Sousa em xeque, nomes de alguns treinadores começaram a ser especulados para subbstituir o português em caso de demissão. Um dos nomes que vem ganhando força foi é o técnico Cuca, treinador que comandou o Atlético-MG no ano passado, sendo campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Segundo Gustavo Henrique Dando Shoque, Cuca é um nome bem visto pelos dirigentes do Flamengo. “Cuca é o favorito pra assumir o Flamengo no lugar de Paulo Sousa. Porém, na Gávea existe quem defenda a volta de Barbieri, com o argumento de que hoje ele está mais experiente do que antes. Vamos aguardar!”, disse.

Jornalista critica duramente atitude de Paulo Sousa após derrota para o Fortaleza: “Não é a primeira vez”

Havia muita expectativa sobre a postura do Flamengo para o duelo diante do Fortaleza, lanterna do Brasileirão e que ainda não havia vencido na competição. No entanto, o que vimos foi um time exposto e dominado pelo adversário na maior parte do tempo. Apesar disso, o time teve a chance de vencer o duelo, já que o primeiro gol do adversário surgiu após falha de Willian Arão e Pedro ainda desperdiçou um pênalti.

Em entrevista coletiva após a partida, Paulo Sousa falou sobre a má atuação do Flamengo e atribuiu o revés a “erros individuais”. Essa atitude do treinador foi criticada pelo jornalista Cahê Mota, que afirmou que o português deveria assumir a culpa pelo desempenho da equipe ao invés de culpar os jogadores.

“Não é a primeira vez que isso acontece, e o dedo apontado foi além do passe errado de Willian Arão ou do pênalti perdido por Pedro. Mesmo na falta de repertório ofensivo, com abuso das bolas aéreas, o treinador responsabilizou erros técnicos e de decisão dos jogadores”.

Cahê Mota ainda destacou que as afirmações do treinador português contradizem com suas próprias afirmações em momentos recentes.

“Respostas que não condizem com o próprio discurso em outros momentos. Ele mesmo há uma semana falou em união, coletivo, sinergia, seja interna ou externa, nas vitórias. Quando perde, cai na conta de erros técnicos individuais”.

Pressão sobre Paulo Sousa aumenta

Mesmo com as quatro vitórias conquistadas nas últimas cinco partidas, Paulo Sousa não conseguiu ganhar a confiança da torcida e tudo piorou após o revés para o Leão do Pici. Inclusive, ao fim da partida a nação desferiu gritos de “time sem vergonha” e “fora Paulo Sousa”.

Na próxima quarta-feira (8), o Flamengo tem nova oportunidade de vitória diante do Bragantino, que também está pressionado e buscará o triunfo diante do rubro-negro. A partida está marcada para as 20h30 (horário de Brasília), em São Paulo.

Avatar of Romário Carvalho
Um amante do futebol. Mais um escritor com paixão por acompanhar o futebol de todo o Brasil e do mundo. Com trabalhos em outros portais, estou colaborando com o Fla Hoje nesse grande projeto.