segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Discurso no Flamengo é totalmente inverso ao que adversários e mídia indicam

Discurso no Flamengo é totalmente inverso ao que adversários e mídia indicam

Virou moda: seja na imprensa ou até mesmo em clubes adversários, o discurso implantado sobre o Flamengo é de que o Rubro-Negro está com ‘salto alto’, acreditando que vencerá todos os títulos que disputa. A mais recente declaração foi de Romildo Bolzan Junior, presidente do Grêmio, que indicou uma soberba do Fla em relação ao confronto da semifinal da Libertadores. Na segunda-feira (16), o jornalista Andre Rizek, do canal SporTV, afirmou que a atuação do Grêmio no último fim de semana foi um ‘aviso’ ao Flamengo, alegando que a equipe carioca já estava pensando na final e desconsiderando a força do adversário. No entanto, o que se vê no Mais Querido é diferente.

Por parte da torcida, o apoio, de fato, tem sido forte a cada partida. Não a toa, o Flamengo domina recordes e mais recordes de público e de audiência em 2019. Nas redes sociais, os tradicionais memes e brincadeiras têm sido compartilhados, mas ainda assim, o discurso ‘pés no chão’ é mantido. Mais importante que isso, a postura de jogadores e dirigentes é ainda mais cautelosa.

Rafinha, que chegou há pouco tempo no Flamengo, mas já é uma das referências técnicas e um dos líderes do vestiário, falou diversas vezes no sentido de manter o foco no trabalho. Em uma das declarações, ele revelou até mesmo um ‘puxão de orelha’ nos jovens, em relação à empolgação com o momento.

— Temos jogadores jovens, quem tem uma pouco mais de cancha tenta passar essa tranquilidade. Para pensar grande, tem que manter a tranquilidade, saber sobressair na adversidade. Não é sempre que vamos conseguir fazer três gols, então procuramos passar essa experiência. Mas é bom -, disse o lateral-direito após o triunfo por 3 a 0 sobre o Palmeiras.

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Gabigol, apesar de seu estilo mais brincalhão e debochado, é outro que prega paciência e pés no chão. Em coletiva na manhã desta terça-feira (17), o camisa 9 declarou sobre a importância de manter a preparação forte para os desafios que ainda virão.

— Dentro do clube não tem empolgação. Sabemos que não ganhamos nada e estamos fazendo bons jogos. Isso de campeão no turno não define muita coisa, tem muitos jogos complicados ainda. Não pensamos nisso e não tem empolgação. Como o Mister fala: “O importante é chegar no final e levantar a taça”. Creio que estamos fazendo um grande trabalho.

Por parte da diretoria, o discurso é o mesmo. Marcos Braz, vice presidente de futebol que tem grande força na pasta, não costuma esconder o jogo. Em uma das vezes que foi questionado sobre o favoritismo do Flamengo, seu discurso foi de que “só no fim do ano será possível definir se o ano foi bom”.

Sendo assim, apesar de o discurso dos rivais tentar a todo momento forçar uma rivalidade e indicar uma soberba no Rubro-Negro, fato é que tal postura não parece afetar a Nação e, principalmente, os jogadores e demais envolvidos no trabalho do dia a dia do clube.

Por: Coluna do Fla

MAIS LIDOS

Denilson critica Palmeiras x Flamengo: ”Vergonhoso”

Na tarde deste domingo, o Flamengo enfrentou o Palmeiras, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O confronto só foi confirmado 10 minutos antes da...

Neto detona o Flamengo após tentativa de adiar a partida contra o Palmeiras

Conhecido por suas furtes e polêmicas declarações, Neto, apresentador do 'Os Donos da Bola", da TV Bandeirantes, fez duras críticas a conduta do Flamengo...

Mauro critica Felipe Melo no empate com o Fla

Na tarde deste domingo, o Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, empatando o jogo em 1 a 1, em um jogo onde os torcedores...

Presidente do Atlético-MG afirma que vai pedir a exclusão do Fla do Brasileirão

Após muita polêmica, a partida entre Palmeiras e Flamengo foi realizada. O ocorrido gerou muitas reclamações de outros clubes pelo fato de o time...