sexta-feira, setembro 18, 2020
Início Notícias E por falar em Zico…

E por falar em Zico…

Kleber
Leite – O nosso Galo anuncia, pelo que leio no noticiário, apoio à turma do Bap
nas próximas eleições no Flamengo. Isto vem de encontro ao que tenho aqui
informando, que a maioria esmagadora daqueles que levantaram a bandeira azul,
tendo como lema o projeto e o trabalho em equipe, estão de um mesmo lado,
enquanto que, do outro, o atual presidente, Eduardo Bandeira de Mello, apoiado
pelo grupo “Só Fla”. Claro que, em função do racha na Chapa Azul, há a
possibilidade de uma terceira candidatura. A chapa original da turma em que Bap
é o maestro, tinha Rodolfo Landim como presidente e, Wallim Vasconcellos como
vice. Os problemas profissionais de Landim estão fazendo com que haja uma
inversão na chapa. Wallim, presidente, e Landim, vice. Aqueles que acompanham
este blog desde o início, certamente devem estar lembrados que, há muito tempo,
anunciei aqui, que nas eleições de novembro, tudo levava a crer que teríamos
dois tons na cor azul. Turquesa e celeste. E, não deu outra… Só resta saber
quem é turquesa e quem é celeste. A turma do Bap tem mais jeito de azul
turquesa e, Eduardo Bandeira de Mello, tem a cara de azul celeste. Então
estamos combinados. Wallim, Landim, Bap e cia… azul turquesa. Eduardo Bandeira
de Mello, seu candidato à vice – ainda não anunciado – e o grupo “Só Fla”, azul
celeste.
O Galo
já vestiu o azul turquesa. E você, a princípio, azul turquesa ou azul celeste?
Galo na Fifa
Acabo
de ler que Zico encaminhou ofício à CBF, solicitando o apoio desta, para que
possa, legitimamente, como determina o estatuto da FIFA, concorrer à
presidência.
Não
posso deixar de aqui colocar que, a partir deste momento, quando Zico de forma
oficial confirma sua candidatura à presidência da Fifa, passa a ser uma missão
de todo brasileiro que ama o futebol, abraçar este projeto. Presidentes e dirigentes
de confederações, federações, clubes e ligas, de todos os esportes, o candidato
é perfeito, pois dispensa apresentação e comentários favoráveis. E, brasileiro
é. Brasileirinho, diria, para ser mais preciso, pois de origem humilde chegou
ao céu.
Todos
unidos neste mesmo objetivo. Que a classe política também se manifeste, até
porque, o apoio político será fundamental. E que os torcedores,
independentemente da paixão clubística, empurrem todos os segmentos em apoio a
este sopro de leveza, dignidade e esperança, para o mundo da bola.

MAIS LIDOS

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...

Técnico do Del Valle afirma: “Somos muito melhores”

Na última quinta-feira (17), o Flamengo sofreu uma das maiores goleadas na sua história pela Libertadores diante do Del Valle. O resultado surpreendeu os...

Zinho avalia que o Flamengo errou ao contratar Torrent

Torrent vive o seu pior momento desde que chegou no Flamengo. Após acumular quatro vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro foi derrotado pelo...