sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Eduardo Bandeira avalia sua administração no Flamengo.

Eduardo Bandeira avalia sua administração no Flamengo.

Lancenet
– Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, aceitou ser sabatinado
pela equipe de reportagem do LANCE! e não fugiu de nenhuma das perguntas. O mandatário foi
também direto em outros assuntos. Esta é a Entrevista da Semana do LANCE!, que
será destrinchada ao longo desta sexta-feira.
Está de fato satisfeito com a sua
administração?
Acho
que conseguimos ser bem sucedidos em várias missões, talvez a principal delas
tenha sido a recuperação da credibilidade do Flamengo, já que estávamos
passando por uma crise de identidade e financeira. Hoje o Flamengo já é
encarado como respeito em todos os fóruns que frequenta. Se recuperamos a capacidade
de investimentos no futebol, se conseguimos fazer transações no porte do
Guerrero, Ederson, Sheik, fazemos com a segurança de que iremos honrar com
todos os nossos compromissos. O dia a dia do Flamengo é totalmente tocado por
administradores profissionais contratados no mercado, bem remunerados, que nos
permitem lidar com esta realidade de gerir uma empresa que fatura R$ 400
milhões e pode faturar mais do que isso.
Qual o papel do calendário nesta
situação de não se começar a temporada com o time formado?
O
fato da janela de transferência do futebol brasileiro e dos principais mercados
não coincidirem com certeza atrapalha porque as propostas que recebemos pelos
nossos jogadores vêm em um momento indesejado e a oportunidade que nós temos de
trazer jogadores de fora também não é a ideial. Igualar os calendários, por
exemplo, é uma questão que deve ser estudada.
O senhor tem algum exemplo de gestão do
exterior para o Fla?
Temos
que avaliar todos os modelos. Esse contato com experiências internacionais é a
nossa obrigação ter. Há seis meses visitamos o Benfica e o clube tem um
aproveitamento da base muito bom, além de ter o melhor programa de
sócio-torcedor do mundo.
Por que critério considera o programa de
sócio-torcedor do Benfica o melhor do mundo? Ele impacta numa receita alta de
bilheteria como outros clubes que não têm sócio-torcedor, tais como Manchester
United, Real Madrid, Arsenal…?
Porque
ele é o programa que tem a maior taxa de conversão da torcida para o programa:
4% da torcida do Benfica é formada por sócios-torcedores e eu não conheço
nenhum caso em que isso aconteça. No futebol brasileiro o maior índice de
conversão é o Internacional, que converte 2,2% da torcida para o programa. O
Benfica tem parcerias comerciais eficientes, que oferecem ótimos benefícios
para os torcedores.
O que fazer para melhorar o
sócio-torcedor?
O
sócio-torcedor do Flamengo está em permanente aperfeiçoamento. Em termos de
receita é o principal programa do Brasil, pode estar em sexto lugar em número
de adeptos oficiais, mas em termos de receita se considerar sócio-torcedor e
bilheteria é o melhor do Brasil, e é a nossa terceira principal fonte de
receita.
No jogo com o Coritiba, em Brasília, o
Flamengo teve um faturamento de R$ 1,5 milhão. No Maracanã, o que considera ser
rentável?
O
Fla para jogar no Maracanã tem que ter uma receita compatível com a sua
importância. Se nós jogamos dentro de uma condição atrativa de outras praças e
não conseguimos fazer isso no Maracanã, é porque algo está errado.
Mas vender jogos não frustra o torcedor
do Rio de Janeiro?
Eu
tenho certeza que a torcida entende. Ela sabe que o clube precisa se recuperar
financeiramente. É um orgulho para o torcedor carioca ver o Flamengo querido
por todo lugar.
Afinal, a diretoria do Flamengo entende
ou não de futebol?
Olha,
essa coisa de se entender futebol eu entendo, até porque tenho mais de 50 anos
de arquibancada. Agora, quando as pessoas dizem que eu e nossa diretoria não
entendemos de futebol, isso me preocupa um pouco. Até porque já ouvi coisas do
tipo “presidente, precisamos contratar jogador tal”. Aí eu digo “não temos
orçamento para isso”. Aí falam “contratamos e depois vemos como fica, futebol é
assim mesmo”. Se futebol é assim mesmo, eu não entendo de futebol e nem quero
entender. Se entender de futebol é se afastar de princípios éticos e morais,
não entendo de futebol.

MAIS LIDOS

Renato Gaúcho fala da goleada sofrida pelo Flamengo

O Flamengo está vivendo o seu pior momento na temporada. Após a saída de Jorge Jesus, o Rubro-negro investiu em Dome Torrent, entretanto, o...

Zagueiro do Del Valle revela pedido dos jogadors do Flamengo

O Flamengo foi humilhado pelo Del Valle na quinta-feira passada, em jogo da Libertadores da América. O Rubro-negro não viu a cor da bola e, por...

Entrevista de Marcos Braz não responde muita coisa

Marcos Braz deu sua entrevista coletiva neste sábado para falar sobre a derrota do Flamengo na quinta-feira e quais seriam as consequências dela. Mas...

Em coletiva, Braz banca permanência de Domenec

A tão aguardada coletiva de imprensa online de Marcos Braz na tarde deste sábado ocorreu a pouco, o tema principal, Domenec. Braz aproveitou a...