A tão aguardada coletiva de imprensa online de Marcos Braz na tarde deste sábado ocorreu a pouco, o tema principal, Domenec. Braz aproveitou a oportunidade para passar que Domenec Torrent segue no cargo de treinador do clube. Segundo Marcos, em nenhum momento a decisão de demitir o catalão foi pensada.

“Em nenhum momento foi discutido a saída de Dome. Aqui está quem manda, que é Landim. Tem pessoas importantes da diretoria. Fizemos reuniões. Em nenhum momento foi pensado na saída de Dome.”, comentou.

Tentativa de aliviar clima

Braz também usou a entrevista para destacar que a derrota foi sentida por todos no clube e que jamais achariam algo como isso normal. Porém, ao mesmo tempo, ele também acalmou os ânimos, tanto sobre uma saída do treinador quanto a pressão política interna.

“O Flamengo não pode perder por 5 a 0 em nenhum jogo. Não é só na Libertadores. Ainda não foi pensado na saída de Dome. Não tem desconforto com outros integrantes da diretoria.”, disse.

Relação atletas x Dome

Outro ponto questionado na entrevista, foi a possibilidade dos jogadores não estarem entendendo os comandos de Domenec. Braz foi sucinto ao dizer:

“Em nenhum momento (os jogadores externaram se não estão entendendo o que Dome passa). Eu entendo a torcida, entendo os companheiros de clube. A insatisfação do resultado, a diretoria respeita esses posicionamentos, mas a gente precisa ser um pouco mais frio.”

Diante de tantas críticas pela falta de indignação de Dome a beira do campo, Braz também deu uma resposta que pareceu soar exatamente para essas críticas.

“Dome dentro do vestiário ficou louco, falando que isso nunca aconteceu com ele. A gente tem a confiança que dá para reverter. A gente tem confiança nisso pelos títulos conquistados. Essa diretoria não tem compromisso com derrota e nem vocação para ela.”

A entrevista pareceu muito mais uma tentativa de acalmar os ânimos. A grande verdade é que a vida de Domenec está entregue na partida de terça, diante do Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores. A partida será transmitida pelo Fox Sports.

Acompanhe a entrevista completa clicando aqui

Leia também: Tite explica convocados rubro negros e ausência de Gabigol