terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Em má fase, Guerrero ganha blindagem no Flamengo.

Em má fase, Guerrero ganha blindagem no Flamengo.

UOL – Paolo
Guerrero entra em campo nesta quinta-feira (8) para defender o Peru contra a
Colômbia na primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Apesar da
distância momentânea da Gávea, o camisa 9 segue no dia a dia do Flamengo.
Existe uma clara preocupação com o jejum de gols do atacante. O Rubro-negro
está mobilizado para proteger o peruano e ajudá-lo no desafio de superar o
momento delicado.
Guerrero
não balança as redes desde 23 de agosto, quando os cariocas venceram o São
Paulo por 2 a 1. Já são 44 dias sem marcar. Neste período, o atacante enfrentou
uma lesão no tornozelo direito e atuou em apenas quatro jogos. Ele esteve longe
de se destacar, recebeu críticas e demonstrou certo abatimento.
Dirigentes
e jogadores saíram em defesa da principal contratação da temporada. O grave
problema físico foi o motivo alegado pelo staff rubro-negro para que Guerrero
ainda não tenha recuperado a forma ideal.
O
peruano concedeu apenas uma entrevista coletiva desde a lesão. Guerrero passou
cabisbaixo pela zona mista do Maracanã depois da derrota para o Vasco e da
vitória sobre o Joinville. Ele não parou para atender aos jornalistas.
Com
uma espécie de blindagem no momento delicado e escolha própria pela reclusão
após os últimos jogos, Guerrero tem uma verdadeira força-tarefa nos bastidores
para voltar a marcar. O Flamengo está mobilizado para ajudá-lo a fazer as pazes
com o gol.
A
pressão já é enorme e deve aumentar nas últimas rodadas do Campeonato
Brasileiro. O Rubro-negro precisa do principal jogador e a obsessão por vê-lo
tranquilo ficou evidenciada depois dos 2 a 0 sobre o Joinville.
“O
Guerrero foi fundamental no jogo. É muito inteligente. Ele se movimentou e
apanhou bastante. É impressionante isso. Principalmente quando a bola chega
muito nele em jogos com domínio pleno do Flamengo. Torci para que fizesse o
gol, mas senti que em determinado momento as possibilidades diminuíram. A
pressão cresceria muito em cima do Guerrero. Foi uma atitude [substituição] até
no sentido de resguardá-lo. É importante tirar um pouquinho o foco dele”,
explicou o técnico Oswaldo de Oliveira.
Mesmo
que balance a rede pela seleção peruana nas duas primeiras rodadas das
Eliminatórias da Copa do Mundo, Guerrero não reencontrará o Flamengo menos
pressionado. A cobrança continua. Entretanto, o camisa 9 tem uma certeza: o
Rubro-negro está unido em torno dele.

MAIS LIDOS

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...

Bruno Henrique entra na mira do Fenerbahçe 

O Flamengo viu aumentar consideravelmente o assédio pelos seus atletas após a temporada quase perfeita no ano passado. Um dos nomes que foi mais...

Paquetá é vendido pelo Milan e Fla receberá milhões

O Flamengo fez muitas negociações ao longo dos últimos anos com o futebol europeu. Uma das maiores negociações foi o meia atacante Paquetá, jogador que foi...