Em Nota, Raça cobra respeito da diretoria: “Flamengo é do povo”

Eduardo Bandeira, Presidente do Flamengo, e integrantes da torcida Organizada Rça Rubro-Negra.

GLOBO
ESPORTE
: A Raça Rubro-Negra, uma das principais torcidas organizadas do
Flamengo, emitiu nota de repúdio ao valor dos ingressos cobrados pelo clube na
Ilha do Urubu. Através de comunicado no Facebook nesta quarta-feira, a Raça
acusou a diretoria de afastar o “verdadeiro torcedor” dos estádios.

Confira o texto:
A Raça
Rubro-Negra vem a público demonstrar nosso descontentamento com o preço abusivo
dos ingressos estipulados pela diretoria do Clube de Regatas do Flamengo.
O
Flamengo sempre fora uma instituição do povo, clube da massa, do trabalhador,
do favelado, do mulambo, do cidadão que encontra no clube rubro-negro sua única
felicidade e poder estar na arquibancada o afasta de todo sofrimento e tristeza
do cotidiano sofrido de um trabalhador brasileiro.
A
essência do rubro negro carioca é ter sua nação lotando os estádios, empurrando
o Flamengo, cantando durante os 90 minutos, assistindo aos jogos em pé,
abraçando o desconhecido na hora do gol, chorando nos momentos de alegria e
também nos de tristeza. Estando junto ao clube nos momentos bons e amando-o nos
difíceis.
A
atual política de encarecimento dos ingressos afasta o verdadeiro torcedor do
qual tanto nos orgulhamos de ser. Não queremos ser o clube mais rico, não somos
uma empresa. Queremos ser um clube vitorioso, entretanto, acima de tudo
queremos que nossa diretoria respeite o maior patrimônio do clube: SUA NAÇÃO.
Diretoria e jogadores são personagens passageiros, e nós, somos os verdadeiros
protagonistas e eternos desse clube.
Indubitavelmente
a política de responsabilidade fiscal é marca positiva e celebrável para o
clube. Todavia, não podemos aceitar os altos preços dos ingressos na tentativa
de tornar a nossa arquibancada uma plateia de teatro. Vocês-diretoria- entendem
de gestão, nós entendemos de amor. Nos deixem torcer e comandar as
arquibancadas, aqui é nossa casa, não uma fonte de dinheiro. Não tentem lucrar
em cima de nossa paixão, muito menos afastar-nos das arquibancadas.
Exigimos
RESPEITO e uma posição da atual diretoria em relação aos preços abusivos.
Queremos preços acessíveis ao setor que teoricamente é POPULAR. Queremos o
torcedor rubro-negro nas arquibancadas torcendo e vibrando, não meros
espectadores que parecem estar em um enterro e só abrem a boca para vaiar. São
40 anos de apoio incondicional, a Raça Rubro-Negra não aceitará tamanha
covardia com nossa nação, se preciso for, iremos na contra mão de toda lógica
capitalista atual para que possamos ter nos estádios o torcedor que ama o clube
e não o torcedor que ama o espetáculo.

Por: FlaHoje

MAIS LIDOS

Sem pena: Ceni detona a arbitragem após empate com o Racing

O Flamengo jogou na noite desta terça-feira diante do Racing, na Argentina, em grande confronto válido pelo jogo de ida das oitavas de finais...

Gerson ‘peita’ argentinos em treta e leva flamenguistas à loucura

O Flamengo jogou na noite desta terça-feira diante do Racing, em jogo decisivo das oitavas de finais da Libertadores da América. O Rubro-negro até...

Desfalque de última hora; mudança na escalação

O Flamengo divulgou a escalação para o jogo contra o Racing pela Libertadores da América, entretanto, de última hora, o Rubro-negro divulga que terá...

Tá chegando a hora! Confira a escalação do Mengão

O Mengão vai a campo daqui a pouco na Argentina enfrentar o Racing em confronto da Libertadores. A equipe comandada por Rogério Ceni vai...