sábado, setembro 26, 2020
Início Notícias Embalou? Flamengo vence mais uma no comando de Zé Ricardo.

Embalou? Flamengo vence mais uma no comando de Zé Ricardo.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

LANCE:
O Flamengo fez por merecer e superou o Vitória, na noite desta quinta-feira, em
Volta Redonda, por 1 a 0. O time carioca não foi brilhante, mas buscou a
vitória do início ao fim da partida, enquanto o adversário foi apático. O gol
da partida foi marcado pelo insistente Felipe Vizeu, no segundo tempo.

Com o
resultado positivo na quinta rodada do Brasileirão, o time de Zé Ricardo chegou
ao G4, com dez pontos, na quarta colocação. Já o Vitória permaneceu estacionado
em décimo terceiro, com apenas cinco pontos.
O
Flamengo dominou o primeiro tempo. O time de Zé Ricardo tomou conta das ações,
criou algumas oportunidades de gol, mas não aproveitou. Na vez que chegou mais
perto de balançar a rede, o Rubro-Negro vacilou em finalizações seguidas, de
Mancuello e Marcelo Cirino, numa linda jogada criada por Felipe Vizeu. Os
laterais Jorge e Rodinei participaram bem da etapa inicial, com bons
cruzamentos, porém o ataque deixou muito a desejar.
O
Vitória assustou muito pouco e cometeu muitos erros técnicos, dando espaço para
o Flamengo. Os visitantes tiveram apenas uma chance clara, quando Vander, o
mais perigoso, foi ao fundo e chutou cruzado para o meio da área. Kieza chegou
atrasado e não conseguiu dar o toque derradeiro. De resto, Alex Muralha pouco
trabalhou. Na primeira etapa, ele foi um espectador em campo.
A
equipe carioca voltou cheia de vontade para o segundo tempo. Alan Patrick
concentrava as jogadas no setor de criação, mas não estava num dia inspirado.
Cirino cometia erros simples em tentativas de levar o Flamengo ao ataque,
enquanto Felipe Vizeu demonstrava categoria, mas não conseguia dar sequência às
jogadas. A entrada de Everton, no lugar de Mancuello, deu mais apetite ao time.
Contudo, ainda faltava aquele algo a mais.
Limitado,
o Vitória não conseguia nem sequer sair em contra-ataques e parecia satisfeito
com o empate. O jogo caminhava para a igualdade sem gols até que Felipe Vizeu
levou a galera ao delírio. Bem posicionado na área, o camisa 47 fez um gol de
oportunismo, de cabeça, após assistência de Arão, também de cabeça, em
cruzamento de Alan Patrick.
O
Flamengo seguiu insistindo para ampliar o marcador, mas esbarrou nas suas
próprias limitações técnicas. O Vitória chegou pouco ao ataque e não conseguiu
evitar a derrota fora de casa.
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 VITÓRIA
Local: Raulino de Oliveira,
em Volta Redonda (RJ)
Data-hora:
2/6/2016 – 21h
Árbitro: Igor Benevenuto (MG)
Auxiliares:
Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Renda/Público: R$
80.375,00 / 4.668 pagantes
Cartões amarelos: Léo
Duarte e Rodinei (FLA); Diego Renan e Kieza (VIT).
Cartões vermelhos: Não houve.
Gol: Felipe Vizeu, 18’/2°T (1-0)
Flamengo: Alex Muralha,
Rodinei, Léo Duarte, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan
Patrick (Cuéllar, 36’/2°T) e Mancuello (Everton, intervalo); Marcelo Cirino
(Gabriel, 29’/2°T) e Felipe Vizeu. Técnico: Zé Ricardo.
Vitória: Fernando Miguel,
Maicon Silva, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Leandro Domingues,
23’/2°T) Willian Farias e Flávio; Vander (David, 36’/2°T), Dagoberto (Alípio,
18’/2°T) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.

MAIS LIDOS

UFC 253 ao vivo: Adesanya x Borrachinha

O fim de semana terá muitos eventos esportivos ao vivo. Um dos mais esperados é o UFC 253 ao vivo, onde envolve o brasileiro Paulo...

Palmeiras x Flamengo é suspenso

O jogo entre Palmeiras x Flamengo, que iria acontecer neste domingo, está suspenso. O Sindiclubes, sindicato que representa os atletas do Rio, entrou na...

Surto na dupla Fla-Flu escancara realidade da CBF

Após o Flamengo apresentar um surto de covid-19, é a vez do Fluminense passar pela mesma situação. Na noite de ontem, nove jogadores testaram...

Escalação do Flamengo contra o Palmeiras

Mesmo com todas as tentativas do Flamengo, o Rubro-negro irá entrar em campo na tarde deste domingo, no jogo contra o Palmeiras. O confronto é histórico porque o...