Empatou com a Vasca? É crise na Gávea!

Por: Fla hoje

República
Paz e Amor – Que pelada horrorosa. Foi de doer os olhos a primeira partida das
semifinais entre o Bem e o Mal no Maracanã. A torcida fareja essas roubadas à
léguas de distância e o movimento das bilheterias comprovou que a torcida do
Flamengo sabe a hora certa de botar a cara. Só 20 e poucos mil abnegados
deixaram no caixa a merreca de 1 barão e uns quebrados pra testemunhar um dos
piores jogos do Flamengo em muitos meses.

Foi um
festival de bizarrices. Do lado do Flamengo uma insistência inexplicável na
bicuda pra frente pra ver o que acontece e do lado dos camisa-feiona o
tradicional anti jogo sãojanuaresco. Pra completar a catástrofe escalaram um
apitador comédia, sem moral pra coibir a porradaria e muito mais preocupado em
não deixar a bola rolar do que em oferecer uma boa arbitragem ao distinto
público. Não quero diminuir a culpa e nem perdoar a imperícia dos pernas de pau
dos dois times, mas o 0 x 0 era o resultado que o juiz queria pra não se
complicar. Juiz pra apitar Flamengo e Vice tem que ter disposição e esse não
tinha nenhuma. Tem que apitar no Aterro.
Apesar
do resultado nos favorecer não deixa de ser preocupante a queda de produção do
Flamengo. Nas duas ultimas partidas não jogamos nada e se não fossem os
reflexos apurados de Paulo Victor poderíamos estar fazendo continhas de quantos
gols precisaríamos fazer no próximo jogo. Nosso goleiro está pegando muito. O
que não chega a ser uma justificativa pros moles infantis que a nossa zaga deu
pro ataque da vasca. Pra nossa sorte temos goleiro e eles não tem ataque. Mas
Luxemburgo tem que botar a rapaziada da cozinha pra trocar ume ideia e ver se
melhora o serviço lá atrás. Tá esquisito.
É
chato quando o Mengão joga mal, principalmente quando joga mal contra o nosso
freguês mais dileto. Mas sejamos pragmáticos, dependendo do resultado da outra
semi, o Flamengo só precisa de mais 3 empates sem-vergonhas pra ser Bi Campeão
Carioca. Sabemos de antemão que a baranga não é parametro pra nada, mas o
formato da competição favorece, estimula e incentiva a prática do retranquismo.
A própria dinâmica do carioqueta propicia o triunfo do não jogar sobre o jogar,
premiando não o melhor, mais o mais muquirana dos times. Depois de penar
durante 15 rodadas com jogos insuportavelmente desimportantes como culpar agora
às equipes que prefiram não dar chance ao azar e se defender atrás de um
regulamento tosco? Ainda assim, pra nós é vergonhoso não sacudir a baranga
sempre.
Não
nutro grandes esperanças de assistir a grandes jogos nas partidas subsequentes
desse campeonato meia-boca. Acho que os próximos 4 jogos serão assim como o de
hoje, sem graça, sem brilho e com os detentores da vantagem dos dois empates
não fazendo a mínima questão de se expor. É um jeito de ganhar uma competição
bastante contrário às tradições flamengas, mas exigir que o Flamengo além de
vencer essa droga de campeonato, ainda o faça jogando bonito, é pura pirraça.
Vamo pra cima delas, do jeito que der. Um carioca safado desse o Mengão tem obrigação
de ganhar.
Mengão
Sempre
Arthur
Muhlenberg

MAIS LIDOS

Escalação do Flamengo contra o Macaé; veja quem deve jogar

O Flamengo joga neste sábado a sua segunda partida no Campeonato estadual. Após vencer o Nova Iguaçu no jogo da última terça-feira, o time...

Goleiro do Flamengo é anunciado pelo CSA

O Flamengo está se organizando pensando na próxima temporada. O Rubro-negro carioca tem hoje o elenco mais qualificado do futebol sul-americano e, por conta...

Flamengo irá economizar R$ 15 milhões com Arrascaeta e Rodrigo Caio

O Flamengo é o time mais rico do futebol brasileiro, porém, a temporada 2021 promete ser mais apertada. O clube já não tem a...

Salário gigante de Rafinha no Fla irrita torcida; veja os comentários

O Flamengo tem hoje um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Porém, o Mais Querido continua atento ao mercado da bola, podendo fazer mais...