Empresários estariam incomodados com situação envolvendo Rafinha

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça
a#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

A chegada do zagueiro Léo Pereira ao Flamengo trouxe um debate em relação a um possível conflito de interesse envolvendo o defensor com o lateral Rafinha. De acordo com o jornal O Globo, a ida do atleta que pertencia ao Furacão gerou um incomodo pelo fato de Rafinha ser um dos sócios da empresa que agencia o zagueiro.

O caso seria um dos primeiros no futebol mundial, onde um jogador que está em atividade participe de forma indireta ou direta de uma negociação. Para a FIFA e a CBF não existe nada no regulamento que proíba essa prática, porém, estaria causando um certo desconforto em empresários de atletas que estão no Flamengo. Os agentes temem que devido a grande influência de Rafinha no elenco possa incentivar que os jogadores se juntem a R13 Fussball.

“Isso deixa margem para pensarem que ele pode se aproveitar de sua posição para aliciar atletas do seu próprio clube. Sendo um atleta consagrado e líder, a margem para isso aumenta e muito”, disse o empresário Carlos Leite à reportagem.

Além do zagueiro Léo Pereira, a R13 também cuida da carreira de dois jogadores que possuem ligação com o Mais Querido, Rodinei e Matheus Dantas.

Avatar of FlaHoje
Apaixonada por futebol. Jornalista formada pela UNITAU e com passagens por portais esportivos. Viva o futebol, viva o Esporte.