sábado, setembro 26, 2020
Início Notícias "Eu queria puni-los. Tenho pedido entrega", revela Oswaldo.

“Eu queria puni-los. Tenho pedido entrega”, revela Oswaldo.

ESPN –
O técnico Oswaldo de Oliveira disse que a festa promovida por Pará, Alan
Patrick, Everton, Paulinho e Marcelo Cirino, cujas imagens vazaram na internet,
abalou a “integridade do grupo do Flamengo”. Dessa forma justificou o
afastamento deles por tempo indeterminado.
A
festa ocorreu na última terça, após o treino do Flamengo, em uma casa no
Recreio dos Bandeirantes, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Imagens dos
carros dos atletas vazaram na internet, bem como conversas entre eles em um
grupo de mensagens instantâneas, que chegaram nas mãos dos dirigentes do clube.
“Essa
questão é o seguinte. Nós nos reunimos aqui, fizemos uma reunião e decidimos
que iríamos puni-los. Eu queria puni-los porque eles erraram comigo. Eu tenho
pedido comprometimento, entrega, um esforço maior do que possivelmente a gente
faz para voltarmos a ganhar jogos, para evitarmos contusões. Essa é minha
retórica diária com os jogadores. Por esse motivo, eu fiquei de puni-los, eu os
afastaria apenas desse jogo [contra o Grêmio] e, no dia seguinte de manhã, com
a presença deles, encerrar o assunto e anunciar o que ia ser feito. Não podia
ser uma punição unilateral, partindo só de mim. Por mim, só os afastaria desse
jogo. Mas a integridade do grupo foi abalada. Então, precisávamos tomar uma
decisão. Me surpreendeu depois a notícia ter sido dada antes do que havíamos
combinado”, disse o treinador do Flamengo, em entrevista coletiva, nesta
sexta.
Preocupados
com a exposição de alguns dos integrantes do atual elenco que enfrenta uma
difícil situação no Brasileiro, o corpo diretivo fez duras cobranças aos
envolvidos no encontro. Além da suspensão, eles foram multados pela diretoria.
Oswaldo
de Oliveira disse que não é contra os jogadores se divertirem, mas criticou o
excesso cometido pelos atletas na festa de terça. 
“Isso
não é uma coisa que faço aqui no Flamengo, mas em todos os clubes. Não existe
disciplina tática se não houver disciplina de comportamento. Ele precisa dormir
bem, se alimentar bem. Tem que abdicar. Você tem dez anos de plenitude para
ganhar dinheiro. Então, use isso muito bem para não se arrepender depois. Faz o
que quiser depois. Enquanto for atleta, tem que ser comedido. Pode beber
cerveja? Pode. A questão é quantas cervejas.”
“Não
vi fotografia. Não tenho espião para acompanhar a vida do jogador. Quando sai
daqui, faz o que quiser. Mas tem o comprometimento, como falei. O ser humano
pode errar, mas não repetidamente. Eu gosto deles. São excelentes meninos. E
acredito que eles podem sim dar a volta por cima e voltar a nos ajudar no
campeonato. “
Por
fim, o treinador disse que conversou com os demais jogadores para explicar as
punições. Disse que “eles estão ótimos”.

MAIS LIDOS

UFC 253 ao vivo: Adesanya x Borrachinha

O fim de semana terá muitos eventos esportivos ao vivo. Um dos mais esperados é o UFC 253 ao vivo, onde envolve o brasileiro Paulo...

Palmeiras x Flamengo é suspenso

O jogo entre Palmeiras x Flamengo, que iria acontecer neste domingo, está suspenso. O Sindiclubes, sindicato que representa os atletas do Rio, entrou na...

Surto na dupla Fla-Flu escancara realidade da CBF

Após o Flamengo apresentar um surto de covid-19, é a vez do Fluminense passar pela mesma situação. Na noite de ontem, nove jogadores testaram...

Escalação do Flamengo contra o Palmeiras

Mesmo com todas as tentativas do Flamengo, o Rubro-negro irá entrar em campo na tarde deste domingo, no jogo contra o Palmeiras. O confronto é histórico porque o...