segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Everton Ribeiro cita parte física e afirma: “Tenho muito a melhorar”

Everton Ribeiro cita parte física e afirma: “Tenho muito a melhorar”

O meia Everton Ribeiro foi contratado pelo Flamengo no meio da temporada, pelo valor de R$ 22 milhões, se tornando a contratação mais cara da história do clube. Apesar de ter se tornado uma das principais peças do elenco, o camisa 7 ainda não conseguiu apresentar o mesmo nível que o levou a ser o Craque do Brasileirão em por duas temporadas seguidas (2013 e 2014).
Em participação na ESPN, em entrevista ao concedida ao repórter Cícero Mello, o atleta falou sobre o seu rendimento, afirmando que tanto ele quanto o time têm muito mais a crescer.
– Eu posso render muito mais, junto com o crescimento da equipe e a minha parte física. Temos muito a melhorar – afirmou o jogador.
O Fla volta a campo no próximo domingo (12), quando o Mengão visita o Palmeiras no Allianz Parque. O alviverde é atualmente o 4° colocado do Brasileirão, com 54 pontos (4 a mais que o Fla), sendo assim, o rubro-negro terá uma grande chance para se aproximar ainda mais do seu objetivo na competição.
Fonte: Coluna do Flamengo

MAIS LIDOS

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...

Jordi Guerrero rasga elogios a Base do Fla: “Estavam preparados para jogar”

Jordi Guerrero, substituto de Domènec Torrent na tarde deste domingo diante do Palmeiras, onde a equipe saiu de campo com um empate em 1...

Lincoln cutuca o Palmeiras após grande atuação

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, em jogo contra o Palmeiras. O confronto pelo Campeonato Brasileiro por pouco não saiu do...