segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Evolução, frustração e torcida. O domingo do Flamengo.

Evolução, frustração e torcida. O domingo do Flamengo.

Torcedores
– Em dia de Maracanã lotado e linda festa da torcida rubro-negra, o Flamengo
fez um primeiro tempo primoroso, mas, com falhas individuais na segunda etapa,
acabou cedendo o empate ao Santos. Mesmo com o time em evidente evolução,
torcedores vaiaram o treinador Cristóvão Borges.

A
frustração dos torcedores do Flamengo no final da partida contra o Santos era
evidente. Tanto na saída do Maracanã, nas conversas de bares, nas redes sociais
e até na manhã desta segunda-feira. O torcedor ainda reclama muito mais pela
emoção do que pela razão.
E quer
saber de uma coisa? Acho que a frustração do torcedor rubro-negro é exatamente
pelo fato do time ter feito uma boa partida e um ótimo primeiro tempo. A
facilidade que o time do Flamengo teve na primeira etapa, a quantidade de boas
oportunidades criadas não eram vistas a muito tempo. Ouso a dizer que foi o
melhor tempo do time nesse ano.
E de
quem é a culpa?
1 –
Culpar o Cristóvão? Mas o time apresentou um bom futebol, vem evoluindo em
campo, mesmo com desfalques importantes e jogadores novos chegando. Vale
lembrar que tem jogador que nem estreou. Ederson, novo camisa 10 da Gávea, deve
estar disponível para próxima partida, contra a Ponte Preta em Campinas.
1.1 –
Culpar mesmo o Cristóvão? Deixou de escalar o regular Cáceres para apostar no
contestado Márcio Araújo. Não levou nenhum atacante para o banco de reservas.
Tudo bem, Cirino e Paulinho estavam contundidos. Nixon volta apenas em 2016.
Então eu pergunto: Qual o motivo de não encorporar o menino Douglas Baggio,
artilheiro por anos da base rubro-negra, aos profissionais? Pelo menos nesse
momento com tantos desfalques. O menino tem faro de gol. Não poderia ter
ajudado após o Flamengo levar o empate? É uma pergunta sem respostas, que só
poderia ser respondida caso o garoto tivesse oportunidade.
1.2 –
Culpa do Cristóvão? Trocou o Alan Patrick, que estava muito bem na partida,
pelo Gabriel. O Fla acabou perdendo um pouco o meio de campo. Só que foi Alan
que pediu para sair. E se botasse o Cáceres para fechar? Nesse caso, Cristóvão
voltaria ao esquema tão criticado com três volantes. E se leva o empate após
essa substituição? Não queria nem ver o que estaria sendo falado. E se o
Gabriel fizesse o gol na oportunidade que teve, mas chutou fraco? E se o
Everton não perde a grande chance de matar o jogo depois de receber o lindo
passe de Gabriel? Se….se…. Em relação a substituição que colocou Almir (aposta
do Luxemburgo) em campo, foi falado que o Everton também pediu para sair, mas
pediu faltando 2 minutos? E entrou o Almir, pelo simples motivo dos garotos da
base não estarem no banco. Matheus Sávio, Douglas Baggio etc….
2 –
Culpar o Paulo Victor? O goleiro teve falhas individuais, que acabaram
resultando nos gols do Santos, mas estamos falando de um goleiro que cansou de
salvar o Flamengo em outras partidas. Ah…. ele estava sem ritmo de jogo. Ritmo
de jogo só se pega com sequencia de jogos. E tinha que começar em algum
momento. Ele já vinha treinando normalmente por volta de duas semanas. Se o
César começa a partida e falha, a culpa seria por qual motivo? De não ter
escalado o Paulo Victor de início? Tenho certeza isso estaria sendo dito por
milhares.
3 –
Culpa do Sheik? Sim. Eu vi, ouvi e li pessoas criticando o melhor jogador da
partida pelo simples motivo da bola ter pego nele antes de sobrar para o Lucas
Lima. Como acho tão surreal, vou pular essa alternativa.
4 –
Culpa da Ronda? Essa só trouxe coisas positivas para o domingo rubro-negro. Uma
bela e carismática mulher, fazendo marketing gratuito para o Flamengo, não pode
dar margem para que seja responsabilizada por nenhum resultado ruim, nem se seu
pé estivesse um pouco gelado.
Resumindo.
A partida entre Flamengo e Santos foi um jogão. Como costuma a ser. Podemos
lembrar rapidamente da vitória histórica rubro-negra na Vila Belmiro por 5×4.
Com shows de Ronaldinho Gaúcho e Neymar. Quem teve culpa naquele jogo? E a
vitória do Fla por 1×0 (gol do Adriano Imperador) no Maracanã em 2009? Jogo em
que o goleiro Bruno defendeu dois pênaltis cobrados por Paulo Henrique Ganso.
O que
quero dizer com isso? Que o futebol é assim. Você compra o ingresso e vai ao
estádio TORCENDO para que seu time saia vitorioso, mas no futebol não existe
fórmula pronta. E isso o torna espetacular. Tudo pode acontecer. O próprio
Flamengo é o segundo melhor visitante do Brasileirão, ou seja, andou frustrando
vários torcedores de equipes rivais fora de casa. Que compraram o ingresso
apostando em uma vitória.
Sendo
apenas RACIONAL, o Flamengo mostrou evolução em seu jogo. Foi um time superior
o tempo todo. Tanto que os jogadores santistas comemoraram o empate, após uma
sequência de “cera” para segurar o resultado. E o jogo foi contra o Santos, que
tem o artilheiro do campeonato e um dos melhores armadores, Lucas Lima.
Se
continuar atuando dessa forma, diminuindo as falhas individuais, a equipe
certamente subirá na tabela de classificação. Agora, se essa subida será
suficiente para brigar por Libertadores, só o tempo dirá. E para isso, pode ter
um fator predominante, a entrada do meia Ederson no time.
Importante
lembrar que Ederson não atua com uma certa regularidade tem tempo, ou seja, a
torcida terá que ter paciência para o jogador adquirir ritmo de jogo. E não só
ele, mas Paulo Victor e o bom zagueiro César Martins.
O
torcedor rubro-negro é assim. Um incurável e eterno apaixonado. Tanto sua
frustração, como sua euforia tem hora e momento para acabar. Até o próximo
resultado diferente ao anterior.
@allanmadi

MAIS LIDOS

Presidente do Atlético-MG afirma que vai pedir a exclusão do Fla do Brasileirão

Após muita polêmica, a partida entre Palmeiras e Flamengo foi realizada. O ocorrido gerou muitas reclamações de outros clubes pelo fato de o time...

Fla hoje: Hugo ou César na Libertadores?

O Fla hoje agora está focado na disputa da Libertadores da América. Na próxima quarta-feira, o Rubro-negro carioca tem pela frente um dos jogos...

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...