Ex-Flamengo, Domènec Torrent revela semelhanças da equipe carioca com clubes da Europa

Ex-Flamengo, Domènec Torrent revela semelhanças da equipe carioca com clubes da Europa

Domènec Torrent foi o primeiro técnico contratado pelo Flamengo após a saída de Jorge Jesus, no inicio de 2020. Apesar de muita expectativa sobre ele, por ser espanhol e ter sido auxiliar de Pep Guardiola, o catalão teve breve passagem pelo rubro-negro, onde conquistou 15 vitórias em 26 jogos. Domènec Torrent hoje é treinador do […]

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

Domènec Torrent foi o primeiro técnico contratado pelo Flamengo após a saída de Jorge Jesus, no inicio de 2020. Apesar de muita expectativa sobre ele, por ser espanhol e ter sido auxiliar de Pep Guardiola, o catalão teve breve passagem pelo rubro-negro, onde conquistou 15 vitórias em 26 jogos.

Domènec Torrent hoje é treinador do Galatasaray, da Turquia, e, em entrevista ao Jornal ‘AS’, falou sobre o Flamengo. Na ocasião, o espanhol destacou a grandeza do rubro-negro, e revelou que existem semelhanças de sua ex-equipe com o clube europeu.

“Flamengo e Galatasaray são times muito parecidos, instituições que têm muita gente atrás. Eles permitem que você saiba que você é importante. O Galatasaray é mais do que apenas um clube de futebol. É uma instituição não só de Istambul, mas do país. O primeiro jogo que dirigi, nós fomos para Hatay, perto da fronteira com a Síria, e assim que desembarcamos do lado de fora do aeroporto havia uma multidão alinhada na beira da estrada com tochas por dois quilômetros. Perguntei preocupado: “Eles são do time rival?”. “Não, são nossos”.

Como mencionado acima, Domènec Torrent comandou o Flamengo em apenas 26 oportunidades. O que mais pesou para sua demissão, certamente foram as dificuldades do treinador de conseguir organizar o time defensivamente. Sendo assim, o espanhol viu sua equipe ser goleada várias vezes, o que foi o principal ponto para sua demissão.

Depois da saída de Dome, Rogério Ceni foi contratado pelo Flamengo e, mais uma vez, apesar de ter sido campeão do Brasileirão em 2020, os resultados não foram como era esperado e o treinador acabou demitido. Já em 2021, foi a vez de Renato Gaúcho chegar ao Ninho, e novamente houve demissão depois de um breve período.

Agora, é a vez do português Paulo Sousa. Até o momento, o técnico ainda vem realizando alguns testes para conseguir chegar ao time ideal, mas já se nota uma grande evolução principalmente taticamente.

  • Autor: Romário Carvalho ,
  • 16/03/2022 ,
  • Atualizado: 16/03/2022

Flahoje.com surgiu como uma alternativa para os flamenguistas curtirem as notícias do seu time imparcialmente.

© 2022 Flahoje. Todos os direitos reservados.