Ex-gerente de futebol é desligado do Flamengo

A temporada no Flamengo já começa conturbada e com mudanças no futebol. Braço direito de Marcos Braz, Paulo Pelaipe foi comunicado nesta segunda-feira (6) que não seguirá no clube em 2020. A informação foi divulgada inicialmente pelo site do Globo Esporte, e confirmada pela reportagem do Coluna do Fla.

O agora ex-gerente de futebol do clube teve seu contrato encerrado no dia 31 de dezembro, mas havia sido informado de que renovaria com o clube. No entanto, Pelaipe recebeu um e-mail do RH do Flamengo sendo avisado que estava sendo desligado do cargo.

Luiz Eduardo Baptista (BAP) teria sido um dos responsáveis pela demissão de Paulo Pelaipe, que recebeu um e-mail do RH, assinado por Bruno Spindel. O ex-gerente de futebol foi uma escolha pessoal de Marcos Braz, mas isso não impediu o desligamento do cargo antes do início da temporada.

O Flamengo ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, mas a coletiva de reapresentação do elenco, que iria contar com Pelaipe, Marcos Braz e Bruno Spindel, foi cancelada. A situação expõe a política interna do clube, na qual opiniões diferentes geram conflito, assim como foi no caso de Abel Braga.

Por: Coluna do Fla

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.