Ex-gordinho, Cafu trabalha pesado para “voar” no Flamengo.

Por: Fla hoje

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

GLOBO
ESPORTE
: Após a divulgação da lista de inscritos pelo Flamengo no Carioca 2017,
vários rubro-negros fizeram a seguinte pergunta nas redes: “Quem é
Otacílio”?.  Na relação, não
constavam os apelidos. Otacílio Brito Alves, que completou 21 anos no domingo
passado, é Cafu, ponta-esquerda do time que Zé Ricardo conduziu ao título da
Copinha 2016.

O
próprio Zé é o responsável por dar ao ”ex-gordinho” Cafu uma oportunidade no
time principal. Dono de uma canhota potente, o jovem não abre mão dos chutes de
longa distância e também cobra faltas. Embora enfrente a balança
frequentemente, é de jogador de arranque e velocidade.
Depois
de sua primeira experiência fora do Flamengo no Mumbai City, da Índia, onde
atuou com Diego Forlán até dezembro, Cafu trabalhou forte nas férias sob
orientação do personal Leto Santos. No Instagram de Leto, há vários vídeos do
camisa 36 da Gávea treinando. No dia 5 de janeiro, seis antes da reapresentação
do grupo rubro-negro, o preparador postou: “A pré-temporada começou aqui
mais cedo com o atleta Cafu”.
Chegou
fininho e, segundo profissionais presentes ao treino da última terça-feira no
CT, “está voando” nas atividades. De fato destacou-se no
“golzinho” comandado por Zé Ricardo com dribles e gols, um deles
iniciado após belo drible em Juan.
Situação
comum a muitos jogadores, Cafu sofreu bastante no início de sua trajetória no
Flamengo. Chegou ao clube com 9 anos, é o segundo do elenco com mais tempo de
casa, sendo superado apenas por Juan.
Ele
foi apelidado de Cafu não por semelhanças com o lateral pentacampeão, mas sim
devido ao fato de o compararem ao ex-jogador Cafuringa (ex-Fluminense) numa
escolinha em Niterói. Firmou-se na Gávea, mas logo teve de enfrentar uma nova
barreira: a paternidade precoce. Foi pai aos 17 anos, quando nasceu Arthur,
hoje com 3. No ano passado, a pequena Vallentina, hoje com 9 meses, aumentou o
time.
O
apelido tem origem num ex-tricolor, mas em nada tem a ver com as preferências
de Cafu. Rubro-negro de coração, teve de escolher entre Fla e Flu quando
pequeno e não titubeou.
– Sou
flamenguista desde pequeno. Teve até um momento engraçado, porque quando fui
chamado para o Flamengo, fui chamado para o Fluminense também. Meu tio ficou me
perguntando “vai para onde?”, e eu disse que ia defender meu time de
coração. Meu sonho é chegar ao profissional do Flamengo, jogar, fazer a alegria
da torcida – afirmou, em matéria publicada em 16 de janeiro de 2016, durante a
campanha do tri da Copinha.
Na
campanha da Copinha 2016, aliás, destacou-se por muitos passes para gols.

MAIS LIDOS

Goleiro do Flamengo é anunciado pelo CSA

O Flamengo está se organizando pensando na próxima temporada. O Rubro-negro carioca tem hoje o elenco mais qualificado do futebol sul-americano e, por conta...

Flamengo irá economizar R$ 15 milhões com Arrascaeta e Rodrigo Caio

O Flamengo é o time mais rico do futebol brasileiro, porém, a temporada 2021 promete ser mais apertada. O clube já não tem a...

Salário gigante de Rafinha no Fla irrita torcida; veja os comentários

O Flamengo tem hoje um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Porém, o Mais Querido continua atento ao mercado da bola, podendo fazer mais...

Jorge Jesus não esquece do titulo do Mengão e surpreende

O Flamengo ganhou na última semana o titulo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca conquistou o seu oitavo titulo do Brasileirão, algo que foi...