quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Ex-joia do Flamengo vive grande fase, e sonha em voltar.

Ex-joia do Flamengo vive grande fase, e sonha em voltar.

Falando
de Flamengo – Muita coisa mudou desde 1997. Ainda garoto, Vander Sacramento
Vieira, meio-campista, chegava na Gávea aos nove anos de idade, vindo do
Madureira, com status de promessa. E na base do Flamengo ficou até 2010,
passando por todas as categorias, com conquistas de um Carioca sub-15, um
Carioca sub-17, três Cariocas sub-20, um Torneio OPG e uma Taça BH, além de
terceira colocação no Campeonato Mundial sub-19, que coroaram uma das gerações
mais promissoras do passado recente.
A
final mais marcante pelo Fla, para Vander, foi a do Carioca sub-15 de 2003, em
que o Fluminense havia vencido o primeiro jogo por 4 x 1, em Xerém, mas a
garotada Rubro-Negra conseguiu reverter a situação na Gávea, dando o troco com
os mesmos três gols de diferença. Já o gol que mais marcou foi um sobre o
Vasco, ainda no sub-17, que decretou uma vitória de virada no clássico, por 3 x
2, dentro de São Januário
Mesmo
com as boas atuações na base, não deu para o jovem atleta competir com os
integrantes do elenco do Flamengo, recém campeão brasileiro, que já começava a
se transformar no “bonde sem freio”. Com pouco espaço num time recheado de
craques, Vander foi emprestado para o Duque de Caxias, em 2010, jogando os
campeonatos Carioca Série A e Brasileiro Série B, antes de retornar para atuar
pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro sub-23. Depois, saiu para o
Democrata/MG. De lá, se transferiu para o Ipatinga/MG, onde conquistou o título
da Taça Minas Gerais 2011 e marcou o gol que valeu o acesso da equipe para a
Série B do Campeonato Brasileiro.
Seu
caminho seguinte apontou para o futebol búlgaro, onde obteve bastante sucesso.
Jogando pelo Botev Plovdiv, Vander conseguiu se firmar, e atuou por duas
temporadas, com nove gols marcados. Por lá, ajudou seu time a chegar duas vezes
seguidas aos playoffs da Liga Europa, e foi vice-campeão da Copa da Bulgária e
da Supercopa da Bulgária, ambas em 2014.
No fim
de agosto do ano passado, chegou ao AEK Lanarca, do Chipre, seu clube atual.
Hoje titular absoluto, Vander já disputou 31 partidas no futebol cipriano, e
começou jogando em 25 delas. Apesar de também deixar seus gols (já são cinco),
o meia vem se destacando bastante nas assistências (12). Com 26 anos, vive o o
auge de seu futebol. “Estou no melhor momento da minha carreira. O que Deus tem
feito pra mim, nem estou acreditando. Está sendo maior do que imaginei.”, diz
Vander Vieira, que também não esquece do clube que o formou: “Ao Flamengo,
voltaria com sentimento de amor. É um clube que gosto de jogar. Me sinto bem a
camisa do Flamengo”, finaliza.
iFlamengoNews

MAIS LIDOS

Zagueiro que atua na Itália diz que dará preferencia ao Fla quando voltar ao Brasil

Apesar de esta passando por um momento de instabilidade sob o comando de Domènec Torrent, o Flamengo tem conquistado cada vez mais visibilidade nos...

Sormani critica Palmeiras por querer manter partida: “Um absurdo”

O comentarista Fábio Sormani, do Fox Sports Rádio, teceu críticas aos dirigentes alviverdes na tarde desta quarta-feira após a nota oficial divulgada na noite...

Domenec e mais 7 testam positivo para Covid-19

A vida do Flamengo não está fácil. Após ter 7 jogadores confirmados com covid-19 até a noite de ontem, hoje mais 9 testes apresentaram...

Jesus revela o motivo de ter deixado o Flamengo e se emociona

O técnico Jorge Jesus deixou o Flamengo logo após a conquista do Campeonato Carioca. Como o treinador tinha acabado de renovar o seu contrato,...