Falta de aumento no patrocínio da CAIXA irrita Clubes.

Por: Fla hoje

Flamengo exibindo CAIXA e Carabao na camisa – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

FOLHA
DE SÃO PAULO
: Patrocinadora de 17 dos 20 clubes da Série A do Campeonato
Brasileiro, a Caixa Econômica Federal negocia a renovação dos contratos com a
maioria das equipes sem reajuste para 2017. A inflação oficial do país (IPCA)
em 2016 fechou em 6,29%.

Dirigentes
dos clubes se queixaram à Folha da atual estratégia adotada pela estatal. Eles
admitiram, porém, que com o mercado desaquecido a renovação com o banco deve
ser feita.
Além
de não reajustar os valores do contrato, o banco incluiu novas contrapartidas
para os clubes. Uma delas, por exemplo, é exigência de exposição da marca nas
campanhas em canais nas redes sociais das equipes.
Os
clubes têm visto essa nova proposta da Caixa como a sinalização de uma
tendência de desinvestimento de recursos da estatal no esporte. Eles acham que
no médio prazo a participação dela será pequena no futebol.
Para
esses dirigentes, a mudança no governo federal, com a entrada do presidente
Michel Temer, implicou numa alteração de visão política sobre o tema. Se antes
perseverava a participação estatal, a partir de agora os clubes terão que
começar a se virar com patrocínios privados.
“Queríamos
uma valorização maior, mas não será possível. O valor deste ano não terá
correção. A Caixa deu uma segurada para todos os clubes. Ela está aproveitando
o momento que atravessamos”, afirmou Jorge Avancini, diretor de mercado do
Bahia.
Os
baianos ganharam R$ 2 milhões no ano passado por quatro meses de contrato (de
setembro a dezembro) e deverão receber R$ 6 milhões ao ano em 2017.
Assim
como o Bahia, todas as outras equipes esperam uma confirmação do acordo de
renovação com a Caixa. A assessoria da estatal confirmou à reportagem que terá
uma definição de todas as propostas até o final deste mês. O anúncio das
renovações será divulgado no Diário Oficial da União.
Mesmo
que os contratos já tenham vencidos no fim do ano passado, os clubes permanecem
expondo a marca da empresa pública até as negociações para a próxima temporada
serem encerradas. O valor pago de janeiro e fevereiro também será retroativo em
caso de acordo entre as partes.
INVESTIMENTO
Em
2016, a Caixa Econômica Federal investiu R$ 132,5 milhões para expor sua marca
em camisas de clubes no país. Além de 13 equipes que estavam na elite do
Brasileiro em 2016, patrocinou sete times da que disputaram a Série B do
torneio.
Como
realizou cinco contratos mais curtos -de 3 a 4 meses- no segundo semestre do
ano passado com Bahia, Fluminense, Botafogo, Avaí e Santos, o montante do
investimento deve aumentar neste ano se todos os acordos que encerraram em 2016
forem renovados. Esses clubes negociam agora um contrato anual. O valor será o
mesmo do ano passado, mas proporcional ao período de exposição da marca na
camisa.
Procurada
pela reportagem, a estatal afirmou que “está em negociação com os clubes
de futebol, não sendo possível emitir qualquer manifestação sobre o
assunto”.
CORINTHIANS
O
contrato com valor mais alto da Caixa pertence ao Corinthians. Desde o final de
2012, a equipe tem acordo com o banco. Em 2016, recebeu R$ 30 milhões por ano,
valor que será mantido.
O
Flamengo, que ganha R$ 25 milhões pelo acordo do ano passado, também terá o
valor mantido e espera anunciar a renovação nos próximos dias.
Atualmente,
o contrato mais rentável do futebol brasileiro pertence ao Palmeiras.
Nesta
quarta-feira (8), o clube anunciou a parceria de dois anos com a Crefisa por R$
80 milhões anuais.

Pelo
novo compromisso, ainda deve receber bônus por objetivos esportivos alcançados
pelo clube na temporada. Seria o caso, por exemplo, de uma conquista da Copa
Libertadores da América.

MAIS LIDOS

Goleiro do Flamengo é anunciado pelo CSA

O Flamengo está se organizando pensando na próxima temporada. O Rubro-negro carioca tem hoje o elenco mais qualificado do futebol sul-americano e, por conta...

Flamengo irá economizar R$ 15 milhões com Arrascaeta e Rodrigo Caio

O Flamengo é o time mais rico do futebol brasileiro, porém, a temporada 2021 promete ser mais apertada. O clube já não tem a...

Salário gigante de Rafinha no Fla irrita torcida; veja os comentários

O Flamengo tem hoje um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Porém, o Mais Querido continua atento ao mercado da bola, podendo fazer mais...

Jorge Jesus não esquece do titulo do Mengão e surpreende

O Flamengo ganhou na última semana o titulo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca conquistou o seu oitavo titulo do Brasileirão, algo que foi...