• Início
  • Notícias
  • Família de vítima de incêndio no Ninho entra na Justiça contra o Flamengo e pede indiciamento de Rodolfo Landim
Publicidade

Família de vítima de incêndio no Ninho entra na Justiça contra o Flamengo e pede indiciamento de Rodolfo Landim

Publicidade

O Flamengo virou alvo de primeira ação na Justiça relacionada ao incêndio ocorrido no dia 8 de fevereiro, no Ninho do Urubu. A defesa da mãe do jogador Ryquelmo, uma das dez vítimas fatais da tragédia, entrou com uma ação nos últimos dias contra o Rubro-Negro e também pediu o indiciamento do presidente do clube, Rodolfo Landim.

A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal O Globo. Além do mandatário rubro-negro, a defesa também pede que o presidente da CBF, Rogério Caboclo, seja indiciado. Ainda segundo o veículo, a advogada responsável por mover a ação na Justiça, Gislaine Nunes, cobra uma indenização milionária ao Fla por “dolo eventual” do clube da Gávea e da entidade máxima do futebol brasileiro.

FOTO: TOMAZ SILVA / AGÊNCIA BRASIL

– Não esperei a finalização do inquérito. Não existe mais o que esperar. Já está provado e escancarado. Agora, estamos pedindo a indenização e indiciamento. Se a CBF dá o certificado de formador a um clube, ela se responsabiliza, houve alguma fiscalização, a ela cabe isso. Se ela não fez isso, é negligência – afirmou a advogada ao O Globo.

Outras sete famílias das vítimas fatais aguardam a finalização do inquérito da Polícia Civil para também entrarem com ação na Justiça. Até o momento, o Flamengo tem negociações em aberto com a família de Samuel e já fechou indenização com a família de Athila, Gedinho e com o pai de Ryquelmo.

Por: Coluna do Fla
Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod