Ads

Flamengo reclama de suposto pênalti em Léo Pereira, enquanto o Athletico alega que Arrascaeta deveria ter sido expulso

Apesar do domínio do início ao fim, o Flamengo não conseguiu balançar as redes do Athletico-PR na noite de ontem (27), em duelo válido pela primeira partida das quartas e final da Copa do Brasil. Os rubro-negros reclamaram de alguns erros de arbitragem. Um deles, seria um suposto pênalti sofrido pelo zagueiro Léo Pereira, puxado pela camisa na área.

Felipão não enxerga motivos para as reclamações do Flamengo. Scolari acredita que o Athletico-PR também foi prejudicado, já que, para ele, Arrascaeta deveria ter sido expulso em lance já no final do segundo tempo, onde deu carrinho por trás em Erick.

Eles tão reclamando de alguma coisa? Foi vergonhoso, era para expulsar (Arrascaeta) 30 dias seguidos. Não só um. Não venha com choradeira, gritinhos de histeria“.

Em relação ao lance envolvendo Léo Pereira, a Central do Apito, presente nas transmissões da Globo, entendeu que foi sim pênalti em cima do jogador do Flamengo. No entanto, também se mostrou a favor da expulsão de Arrascaeta.

A única expulsão da partida, porém, já ocorreu nos minutos finais, quando David Luiz ofendeu com um xingamento o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que não pensou duas vezes antes de aplicar o cartão vermelho.

Em todos os lances citados, o VAR revisou e manteve a decisão de campo. O Flamengo não descarta ir á CBF contra a arbitragem da partida. Segundo o próprio dirigente rubro-negro, Bruno Spindel, o comportamento do arbitro da partida não é surpresa, já que costuma ter atitudes semelhantes com frequência.

Jogo da volta

Com o empate sem gols, o Flamengo precisa vencer o jogo da volta caso queira se classificar diretamente. Com um novo empate, a vaga será decidida nas penalidades. O segundo duelo está marcado para o dia 17/8, na Arena da Baixada, em Coritiba.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod