Ferj distribui R$ 30 milhões da Globo para times pequenos do Rio.

Por: Fla hoje

Réver cabeceando durante Flamengo x Nova Iguaçu – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

RODRIGO
MATTOS
: A Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) distribui R$ 30 milhões
em cotas de tv e agrados para os times pequenos que disputam o Estadual do Rio.
O número foi obtido em levantamento nos borderôs dos jogos do campeonato. O
valor corresponde a cota de dois times grandes (Flamengo, Fluminense, Botafogo
e Vasco) no mesmo campeonato.

Para
evitar resultados negativos, a Ferj tem registrado nos borderôs a cota líquida
de televisão a que cada clube tem direito. Esse valor multiplicado por 11,
total de partidas da competição fora os mata-matas, corresponde ao valor
líquido a que cada time tem direito. A federação confirmou esse cálculo.
Dos
oito times pequenos que disputam o Estadual, Boavista, Bangu, Madureira e Volta
Redonda têm cotas maiores: R$ 4 milhões cada um. Macaé e Resende vêm sem
seguida com R$ 2,2 milhões. No final da fila, estão Nova Iguaçu e Portuguesa,
com R$ 1,826 milhão. A federação explicou que o critério de distribuição foi a
colocação no campeonato do ano passado.
Cada
um dos times que disputou a seletiva ainda ganhou R$ 93,333 mil por partida, o
que dá uma soma de R$ 2,8 milhões. Conclusão: houve um total de R$ 26,852
milhões líquidos destinados aos pequenos. Considerado imposto igual ao aplicado
aos grandes, 11%, a cota bruta deles foi em torno de R$ 30 milhões.
O
total pago pela Globo pelo campeonato foi R$ 120 milhões. Desse total, metade
ficou para os quatro grandes clubes, com R$ 15 milhões para cada. A cota
líquida deles é R$ 13,3 milhões pelos borderôs. Com isso, sobram outros R$ 30
milhões para a premiação e para a Ferj.
Fora a
cota turbinada, a federação ainda dá outros agrados aos pequenos. Esses clubes
não pagam a taxa de 10% sobre a renda do jogo como ocorre com os grandes. Mais,
não têm que custear nenhuma das despesas com arbitragem, por exemplo, como as
outras equipes.
Os
borderôs ainda registram bônus para os clubes pequenos que jogam em casa que
giram em torno de pde R$ 10 mil. Até agora já foram 20 jogos só entre pequenos
o que dá uma ajuda em bônus de mais R$ 200 mil no total. Não houve explicação
para esses bônus.
Os
clubes pequenos dão apoio ao presidente da Ferj, Rubens Lopes, em suas disputas
eleitorais e nas brigas com o Flamengo. Chegaram a aprovar um bloqueio de cotas
para a dupla Fla-Flu no ano passado.

MAIS LIDOS

Após vexame, Renato Gaúcho volta a falar do Flamengo e revolta torcedores

O Grêmio jogou na noite deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time gaúcho não conseguiu...

Rei do Vexame: Renato Gaúcho vira alvo da torcida do Fla após vexame

O Palmeiras jogou na noite deste domingo diante do Grêmio, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time paulista já tinha...

Abel Braga ainda reclama da arbitragem no jogo contra o Fla

Após vários trabalhos ruins seguidos, o técnico Abel Braga chegou sem muita expectativa no Internacional. Entretanto, ele conseguiu fazer um bom trabalho a seu...

Torcida se encanta com Ramon e mandam recado para Renê

O Flamengo jogou na noite deste sábado, diante do Macaé, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Carioca. O Rubro-negro conseguiu vencer com...