terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Filipe Luís fala de início no Flamengo e celebra facilidade na adaptação

Filipe Luís fala de início no Flamengo e celebra facilidade na adaptação

Uma contratação arrastada e com direito a novela e reviravoltas. Quem acompanhou a negociação do Flamengo por Filipe Luís pode afirmar: a trajetória do lateral no Mais Querido é o completo oposto da confusão que antecedeu a sua chegada. O camisa 16 chegou já com moral de titular e precisou de muito pouco tempo para desfilar sua qualidade com o Manto Sagrado.

Nesta terça-feira (1), os canais oficiais da Libertadores divulgaram entrevista exclusiva com o lateral. No papo, Filipe Luís falou sobre sua chegada e exaltou a fácil adaptação que teve.

– [O início tem sido] Um pouco melhor do que eu imaginava, pois tivemos muitas vitórias seguidas. O clube está cada vez melhor, está crescendo e está com uma estabilidade que tinha perdido nos últimos anos. Meu começo está sendo maravilhoso. Ao mesmo tempo, só tenho mais vontade de continuar vencendo e crescendo com o clube. No futebol, não dá tempo de aproveitar as vitórias, pois temos sempre que pensar no próximo jogo e manter a regularidade -, disse.

Filipe Luís se firmou quase instantaneamente. O lateral alia qualidade técnica acima da média com uma inteligência tática refinada por alguns dos melhores treinadores do futebol europeu – e assim se destaca rodada após rodada. O camisa 16, porém, faz questão de evitar a individualidade e dividir os méritos com o resto do elenco.

FOTO: DIVULGAÇÃO

– Quando você joga com jogadores de muita qualidade, facilita a adaptação. É o que está acontecendo comigo. Do meu lado sempre tem o Arrascaeta, o Everton, o Gabi, o Gérson e todos os outros… nós conseguimos nos entender muito rápido. A qualidade desses jogadores torna mais tudo mais fácil, todo mundo cresce dentro do campo. É um processo, mas dentro do campo está indo perfeito -, explicou.

O retorno ao futebol brasileiro foi uma decisão difícil, de acordo com o próprio lateral. Após quase 10 anos na Europa, ele teve propostas para continuar no continente, mas acabou optando por voltar a jogar no Brasil. Vestir o Manto Sagrado do time que torcia na infância pesou a favor – e o profissionalismo segue sendo em nível europeu.

– Tentei mudar o menos possível [a rotina]. Logo escolhemos a casa e tentei fazer tudo o mais rápido possível, achamos uma casa parecida com a de lá. Fiz tudo rapidamente para poder me concentrar no futebol. Tentei deixar as coisas externas para quem cuida disso e ainda faltam algumas coisas na vida pessoal. Mas no profissional já sigo a mesma rotina do Atlético -, contou.

Filipe Luís tem apenas dez partidas com o Manto Sagrado, mas já é um dos jogadores preferidos de muitos torcedores. Ainda não marcou gols ou deu assistências, mas se tornou peça fundamentalmente da saída de bola e da construção de jogadas do Mais Querido.

Por: Coluna do Fla

MAIS LIDOS

Domenec agradece: Conheça os jovens jogadores chamados ao Equador

Domenec terá quatro jogadores pouco conhecidas por ele (e até nós) para a partida desta terça-feira pela Libertadores. Natan, João Lucas, Guilherme Bala e...

Torcedores pedem para adiar o jogo do Flamengo

O Flamengo confirmou nesta segunda-feira o sétimo contaminado pelo Novo Coronavírus. Com tantos desfalques e risco iminente de um surto dentro do Rubro-negro, com...

O futebol não foge do mundo exterior

Desde que o Flamengo anunciou seus infectados, torcedores tem buscado nas redes sociais "explicações" para isso ter acontecido, como se o futebol fosse aquém...

Onde assistir Barcelona x Flamengo ao vivo

O Flamengo não está vivendo dias fáceis. Enquanto no Brasileirão vem de uma dura derrota para o Ceará, na Libertadores o Rubro-negro passou uma...