• Início
  • Notícias
  • Finais da Taça Guanabara poderão gerar grande prejuízo para a Globo, entenda
Publicidade

Finais da Taça Guanabara poderão gerar grande prejuízo para a Globo, entenda

Publicidade

Não é novidade alguma a briga entre Flamengo e Globo pelo valor adequado de direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Se por um lado o rubro-negro entende que merece receber mais pela audiência que gera a TV, a Globo entende que o Campeonato Carioca não vale tanto investimento e que o correto, seria dividir o valor igualitariamente entre os quatro grandes.

Assim, Flamengo e Globo não se acertam e essa indefinição não tem data alguma para ser resolvida. Para os rubro-negros, principalmente de fora do Rio, fica a sensação de estar “isolado” do clube, sem o poder assistir, porém ao mesmo tempo existe uma compreensão de que o Flamengo merece receber mais do que recebia até ano passado.

Quem “se dá mal” nessa história?

Analisando do ponto de vista do Flamengo, grandes impactos ainda não podem ser vistos. Os patrocinadores entenderam os pontos que levaram o clube a reivindicar maior cota, e ao mesmo tempo entendem que o clube “se paga” pela torcida enorme e disputa de campeonatos muito mais relevantes que o estadual. Assim, o maior “prejuízo” fica por conta do valor de direitos de transmissão, que ano passado foi de R$18 milhões. Um valor que para as receitas do Flamengo hoje, representa muito pouco, ou quase nada.

Já analisando do outro lado, da rede Globo, a coisa tem sido um pouco mais complicada. Uma rede de TV, como empresa, tem seu maior poder de mercado a partir da audiência, e essa caiu consideravelmente sem o Flamengo nas transmissões. Situação que já fez com que patrocinadores da emissora a pressionassem por acordo. E a situação pode piorar.

Isso porque a emissora poderá ter grande problemas nas finais da Taça Guanabara. O Flamengo voltou a escalar seus titulares na noite desta segunda (03), assim, é improvável imaginar que o mais querido não se classifique. Com o Vasco eliminado e o Botafogo correndo riscos de não se classificar, é possível que a primeira fase termine com Fluminense líder do grupo A e Flamengo vice-líder do grupo B. Nessa configuração teríamos um Fla-Flu em uma das semi-finais e um confronto entre dois pequenos na outra semi-final, situação que seria péssima para a Globo. Além disso, caso o Flamengo vencesse nas semis, a Globo simplesmente não poderia transmitir a final.

Pressão deverá aumentar

Se no início do campeonato a Globo já foi pressionada por não ter acerto com o Flamengo, a tendência caso o cenário acima ocorrer é de que essa pressão se torne insustentável para a emissora, que entraria num dilema. Elevar o valor de cota do Flamengo iria fazer os rivais revindicarem o mesmo, e assim, o estadual que não lhe rende muito dinheiro, poderia ficar caro.

É tudo ainda muito nebuloso e imprevisível com relação ao futuro dos estaduais, mas o Flamengo pode estar iniciando o fim dos campeonatos de início de ano da forma como conhecemos. Algo muito positivo para o futebol brasileiro, inchado com estaduais sem graça e sentido no calendário.

Resta saber também se outras equipes teriam forças para lutar contra a Globo. Afinal, para a maioria delas, o valor de direitos de transmissão é fundamental para o orçamento. O Flamengo, assim como Palmeiras e Athletico-PR, apenas conseguiu lutar por algo melhor, por ter condições econômicas para isso.

 

 

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod