segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Finalmente uma vitória do Cristóvão!

Finalmente uma vitória do Cristóvão!

Flamengo
em Foco – Foram tempos difíceis, mas Cristóvão não desistiu, mostrou
perseverança e criatividade, sempre buscando jeitos diferentes e complexos de
ferrar o Flamengo e, hoje, finalmente conseguiu! Mesmo com Guerrero e Sheik em
campo, Cristóvão mostrou sua força e fez o Flamengo passar vergonha em dia de
Maracanã lotado e festa linda da torcida.
Querendo
“calar a boca” dos críticos que perguntavam o porquê de 3 volantes todo jogo,
começou hoje com 2 volantes, deixou a galera comemorando animada a presença de
Alan Patrick, enquanto saboreava algo que poucos notaram, encoberto pela
cortina de fumaça, Márcio Araújo entrava em campo enquanto Cáceres permanecia
no banco.
O
torcedor que acompanha o time tem sempre a vaga sensação de que com Cáceres o
Flamengo quase nunca perde, mas Cristóvão que tem um analista de desempenho a
seu dispor, sabe que desde 2012 quando o paraguaio se uniu ao plantel
rubro-negro no Campeonato Brasileiro seus números são impecáveis! Venceu 54%
dos jogos que fez pelo Flamengo e perdeu em apenas 18% deles, de todas as
derrotas que o Flamengo teve de 2012 até hoje em 72,88% delas o Cáceres não
estava em campo!
Sem o
leão protegendo a frente da zaga ou tirando as bolas aéreas adversárias –sim,
lembremos que ele é o melhor jogador na bola aérea do plantel- ficaria mais
fácil para o Santos ter mais e melhores finalizações, mas isso por si só não
era o suficiente, afinal César vinha defendendo até pensamento, então
brilhantemente usou a emoção da torcida e se aproveitou de ótima matéria sobre
Paulo Victor num grande portal para devolvê-lo a posição de goleiro titular,
afinal o que melhor que um goleiro sem ritmo para fragilizar a defesa?
Artimanha
feita, ficou na área técnica, ponto de vista privilegiado do jogo, observando o
Flamengo ir pra cima do Santos, no embalo da torcida e atendendo aos incentivos
de Emerson Sheik, que não cansava de gesticular pedindo agressividade aos
companheiros. O Flamengo tinha mais volume de jogo, porém criava poucas chances
de gol, Guerrero recuava muito e acabava sendo o principal armador junto a
Sheik, o que obviamente ajudava nos planos de Cristóvão, afinal, o que melhor
que afastar o melhor finalizador da área?
Outro
ponto que chamou a atenção foi o desempenho deplorável nas bolas paradas
ofensivas e defensivas, afinal foram 5 escanteios no primeiro tempo que mal
levaram perigo a defesa santista, faltas que eram cobradas com levantamentos
aleatórios na área, nenhuma jogada ensaiada. E bola parada, como todos sabemos,
é algo que precisa ser treinado exaustivamente.
Mas
ainda assim, aos 40 minutos do 1° tempo, Alan Patrick que só havia tido dois
bons lances até ali, acertou um chute improvável de longe e abriu o placar.
Logo em seguida, Sheik – O incansável, partiu em velocidade e marcou um golaço.
A torcida inflamou, o time se empolgou, e o Flamengo foi pro intervalo vencendo
por 2 x 0 para desespero de Cristóvão.
Pra
sorte dele, do outro lado, havia um treinador que mesmo tendo chegado há pouco
tempo conhecia seu time. Dorival, que antes do jogo havia admitido ficar
satisfeito com o empate, tirou um volante e colocou um atacante de velocidade.
Cristóvão sorriu, sabia que ficaria “faltando um” na marcação já que Márcio
Araújo além de subir demais ainda estava amarelado, ou seja, jogaria com o
“freio de mão” puxado.
Não
demorou muito e o Santos mostrou que estava decidido a buscar o resultado,
dominou o jogo, teve mais volume, finalizou mais e, numa cobrança de escanteio,
Cristóvão viu Ricardo Oliveira avançar sozinho e cabecear na pequena área para
diminuir a diferença, pouco depois mais um contra-ataque perigoso, mas Paulo
Victor defendeu bem. Sabendo que precisava agir para evitar a vitória do
Flamengo, rapidamente acionou Gabriel, que entraria no lugar de Alan Patrick,
assim continuaria com seus 2 volantes, com atitude ofensiva e ainda
fragilizaria mais a marcação, com o bônus de trocar um cadenciador por mais um
carregador de bola.
Dorival
que já havia feito duas mexidas viu o Santos empatar antes dos 30 minutos em
uma finalização impecável de Lucas Lima. De seu banco, Cristóvão internamente
comemorava ver mais uma falha bisonha na marcação, afinal Lucas Lima avançava
sozinho e teve todo espaço do mundo pra finalizar.
O
tempo passava cada vez mais rápido para a torcida do Flamengo, os jogadores
sentiram o gol e, só mais ao fim, após iniciar uma sessão de perda de gols
feitos, o time começou a se animar e ir pra cima, pressionar a defesa santista
que havia sido recomposta com a 3ª mexida, já que o empate era o objetivo. Se
aproximando do fim, Gabriel deixou por duas vezes os companheiros na cara do
gol, a sequência estava quase insana, então Cristóvão agiu rápido, colocou
Almir pra esfriar o jogo e garantir o empate… que após a vitória inicial por 2
x 0, deixou um amargo gosto na boca do torcedor.
Ao
invés de vermos o Flamengo subir na tabela, terminar seu jogo a 6 pontos do G4,
vimos que nem mesmo a dupla Guerrero e Sheik conseguem aguentar por muito tempo
a força da autossabotagem de um treinador ruim, que jamais deveria ter chegado
ao Flamengo. Um craque faz muita diferença, mas não é todo jogo que fará
milagres, precisa de um time minimamente em condições de oferecer a ele o
máximo de condições de trabalho.
Em
tempo: Sampaoli ainda não renovou com o Chile, pode estar dando mole no
mercado, a hora é de trazê-lo pro Flamengo!
Saudações
Rubro-Negras
AVISO: Obviamente não acho
que Cristóvão faz de propósito, o estilo do texto foi apenas uma maneira de
ilustrar como são danosos os erros que ele comete por ser simplesmente um
treinador limitado.
Náyra
M. Vieira

MAIS LIDOS

Marinho rasga elogios a Neneca e torcida pede ele no Fla

Na tarde deste domingo, o Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O confronto terminou empatado em 1 a...

Denilson critica Palmeiras x Flamengo: ”Vergonhoso”

Na tarde deste domingo, o Flamengo enfrentou o Palmeiras, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O confronto só foi confirmado 10 minutos antes da...

Neto detona o Flamengo após tentativa de adiar a partida contra o Palmeiras

Conhecido por suas furtes e polêmicas declarações, Neto, apresentador do 'Os Donos da Bola", da TV Bandeirantes, fez duras críticas a conduta do Flamengo...

Mauro critica Felipe Melo no empate com o Fla

Na tarde deste domingo, o Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, empatando o jogo em 1 a 1, em um jogo onde os torcedores...