Flamengo 100%.

Por: Fla hoje

Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo

FALANDO DE FLAMENGO: Por Sorín

Flamengo
realizou bem mais um teste e fez o dever de casa, mesmo longe de casa, contra a
equipe reserva do Grêmio. Ainda que viesse com um hipotético time C, certamente
a gauchada ofereceria mais resistência que os Clubes de Menor Investimento do
Rio de Janeiro.
Ainda
que a diretoria do tricolor gaúcho tenha tomado a atitude deselegante e
incoerente de não mandar nem o técnico para o jogo em Brasília, é forçoso
reconhecer que não muito tempo atrás, uma boa parte dos jogadores que atuaram
ontem com a camisa tricolor teria vaga certa como titular na Gávea. Ainda bem
que esse tempo passou e esperamos que não volte nunca mais. Yes, nós temos
elenco.
Começou
como tinha que ser, com o Flamengo sufocando e tentando resolver a parada cedo.
De fator MUITO positivo, a existência de um “abafa” sem desesperos e feito de
forma consciente. Em certo momento do jogo tava até parecendo que mais uma vez
o Muralha não iria estrear na temporada de #201SETE.
Em que
pese a presença de um número excessivo de bolas alçadas na área, o gol acabou
chegando bonito e com a bola tocada de pé em pé. Aliás… Sobre a fartura de
cruzamentos, que fez alguém de coração duro no Twitter proferir o termo
“Cucabol”, não tenho nada contra. Mesmo porque nossos laterais são bons no
fundamento e temos um povo alto e bom no cabeceio. Porém… Porém… Como
diversificação na fartura nunca será demais, que tal o Tio Zé Ricardo reunir
todo mundo e dizer: “Sem querer ser chato e pedir muito… Mas vocês estão vendo
esse troço que o Mancuello faz? Isso de chutar de fora da área? Pois é… Não é
proibido pela regra e seria de bom tom vocês aderirem ao hábito. Grato”.
E o
Berrío, hein?  Tudo bem que participou de
alguns lances esquisitos assim que entrou (mas também deu passe de calcanhar).
Diga-se de passagem… Acho que a gente já podia parar com as brincadeiras
comparando o cara ao Cirino. Pelos dois. Como Cirinão da Massa acabou ficando,
deve ser deveras constrangedor para ambos quando se deparam com a comparação em
tom pejorativo nas redes sociais. Mostrou-se bem voluntarioso e ajudando
bastante na marcação, e mostrou não só oportunismo e sorte, como também
inteligência no lance do gol. A gente sabe… Nem todo mundo ia se preocupar em
dar aquela desviada consciente e cirúrgica para evitar que alguém da zaga salvasse
em cima da linha.
Mais
um teste bom no domingo. Clássico contra o Botafogo, que se por um lado vem
embalado pela classificação cheia de adrenalina na noite de ontem na Liberta,
por outro deve entrar em campo com a cabeça já no duelo da próxima semana pela
mesma competição. O jogo deve vir banhado em euriquice também, já que o
Presidente deles resolveu que o Flamengo é feio e bobo, e fica enchendo o saco
toda vez que tem oportunidade. O nosso querido (não sei o nome) deveria se
preocupar é em contratar assessoria jurídica do fluminenCe, pra ver se deixa de
apanhar do Arão dia sim e outro também nos tribunais.
E bora
carregar aquele fardo bom que começa a pesar. 100% de aproveitamento na
temporada, um caminhão de gols marcados e só um sofrido, marcando em todos os
oito tempos disputados até agora. Ainda tem gente que reclama, mas não dá pra
negar que comparado com outros anos, e pensando também na situação atual de
muitos dos nossos clubes rivais, por enquanto nossa cruz é de isopor.

MAIS LIDOS

Rafinha surpreende ao falar sobre Isla, titular do Flamengo

Rafinha está bem próximo de retornar ao Flamengo. O jogador deixou o Rubro-negro no mês de agosto do ano passado, quando foi para o...

Após vexame, Renato Gaúcho volta a falar do Flamengo e revolta torcedores

O Grêmio jogou na noite deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time gaúcho não conseguiu...

Rei do Vexame: Renato Gaúcho vira alvo da torcida do Fla após vexame

O Palmeiras jogou na noite deste domingo diante do Grêmio, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time paulista já tinha...

Abel Braga ainda reclama da arbitragem no jogo contra o Fla

Após vários trabalhos ruins seguidos, o técnico Abel Braga chegou sem muita expectativa no Internacional. Entretanto, ele conseguiu fazer um bom trabalho a seu...