Flamengo prepara valor milionário para convencer Boca Juniors a liberar Rossi antecipadamente

0
Rossi - Flamengo: Crédito da imagem: Boca JR
Rossi - Flamengo: Crédito da imagem: Boca JR

O Flamengo quer trazer nomes pontuais para a próxima temporada e um dos objetivos é a contratação de um goleiro de alto nível. Nos últimos dias, o noticiário esportivo apontou um acerto entre o time carioca e Agustín Rossi, arqueiro do Boca Juniors (ARG), no entanto, o vínculo do jogador com o clube argentino se estende até junho. Para tentar convencê-los a liberar o atleta de 29 anos antecipadamente, os dirigentes prepararam uma quantia generosa.

Segundo noticiou o portal TyC Sports, o Flamengo quer a chegada de Agustín Rossi já para os próximos dias, mas o contrato do goleiro se estende até junho. Conforme a informação, a equipe carioca está preparando um bônus de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 10 milhões) para convencer os argentinos a liberarem o arqueiro antes do término do vínculo.

Inicialmente, Agustín Rossi e o Boca Juniors pareciam ter conversas bem encaminhadas para uma renovação, porém, o jogador de 29 anos não se sentiu valorizado pelo clube e decidiu experimentar novos ares. O Flamengo logo o procurou e convenceu o goleiro a vestir o manto sagrado em 2023. Rossi chegará para disputar posição com Santos, titular e bastante elogiado na última temporada.

Além de um goleiro, o Flamengo tinha o desejo de trazer um nome de peso para o meio-campo e conseguir repatriar o volante Gerson. A novela se estendeu por semanas, já que o Olympique de Marselha (FRA) não abria mão dos 20 milhões de euros que queria pelo jogador. Sem propostas de equipes europeias e com o desejo do próprio Coringa em retornar a gávea, o rubro-negro conseguiu contratá-lo por 15 milhões de euros.