Flamengo aprova orçamento com receitas de quase R$1 bilhão

Por: Fla hoje

Na noite desta terça o Conselho de Administração do Flamengo aprovou o orçamento para 2021. Nele, consta uma projeção recorde de receita do clube, cerca de R$ 1 bilhão. Ao ler isso você provavelmente imagina que a situação financeira para 2021 será de fartura, certo? Não é bem assim.

Várias das compras realizadas na atual gestão foram divididas em parcelas. Até pelo alto valor investido em cada uma delas. Por exemplo, Gabigol custou 17 milhões de euros, parcelado em cinco temporadas. Além disso, as parcelas de Pedro também começam a impactar no orçamento em 2021.

Previsão de venda de jogadores

Segundo o orçamento de 2021, o Flamengo terá um faturamento de cerca de R$168 milhões em vendas de jogadores. Valor considerado elevado, trazendo a necessidade de venda de uma joia da base. Lázaro talvez seja hoje o de maior potencial. É possível também que a projeção de venda por fim não ocorra.

Como comparativo, em 2020 a  expectativa do orçamento era de R$80 milhões em vendas. Ou seja, espera-se mais que o dobro para 2021.

Orçamento feito antes da eliminação na Libertadores

Os números para 2021 foram ser fechados antes da eliminação na Libertadores. Desta forma, um dos informativos projetados nela, não acontecerá. Isso porque a diretoria traçou a meta de chegar no mínimo, até as semis da competição, fato que não ocorreu. O Flamengo assim, deixa de ganhar o valor referente as classificações, já gerando discrepância entre a realidade e o que foi projetado. Assim, a diferença ficará na casa dos R$18 milhões.

Contudo, apesar da frustração em 2020, a diretoria manteve o tom otimista para 2021. Novamente, em seu orçamento, prevê chegada a no mínimo, as semis da Liberta de 2021.

Orçamento para compra de jogadores

É improvável que o Flamengo faça grandes contratações na próxima janela. Isso porque diante do orçamento, as parcelas de Pedro já ocupam boa parte do que se pode gastar. Teoricamente o departamento de futebol precisará de mais “criatividade”, buscando até jogadores livres ou por empréstimo no mercado.

É bem verdade que a venda de jogadores do profissional pouco aproveitados poderia ter valores convertidos para compra de outros. Lincoln, Michael, Vitinho, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Renê não contam muito com a idolatria do torcedor. Porém para a comissão, tanto Gustavo quanto Renê são úteis ao elenco. Restando aos outros jogadores, a necessidade de provar valor.

Oposição acha projeção exagerada

Por outro lado, o principal grupo de oposição a atual gestão, comandada por Eduardo Bandeira de Mello, questionou o orçamento. Desde já a “SóFla” entende o orçamento como exageradamente otimista e cheia de pontos incertos.

Leia também: Flamengo encaminha acerto por Thiago Maia até fim de 2021

Veja também: Indicado ao Puskas, Arrascaeta concede entrevista no Ninho do Urubu

Aloizio Pita de Castro Jr
Aloizio Pita de Castro Jr
Um grande amante do futebol e principalmente do Flamengo. Redator com grande experiência e trabalhos em outros grandes portais. Hoje estou no Fla hoje.

MAIS LIDOS

Gabigol minimiza a pressão no clube, porém admite se incomodar na reserva

Gabigol ficou um longo tempo sem dar entrevistas coletivas. Porém na manhã desta sexta, o atacante mudou o "protocolo" recente e decidiu conversar com...

Flamengo já pensa em reformulação com saída de até nove jogadores

A temporada de 2020 é decepcionante. O time não consegue dentro de campo desempenhar nada do que se esperava, precisando ver hoje, de casa,...

Flamengo da atual temporada tem segunda pior defesa da década

O Flamengo vive uma temporada em 2020 para se esquecer. Não que a equipe não tenha conquistado algo, porém o desempenho em campo foi...

Borré tem salário baixo no River; flamenguistas pedem a sua contratação

O Flamengo não está tendo um fim de temporada muito ruim. Decepcionando também no Campeonato Brasileiro, onde o time está longe de demonstrar o...