Torcedor do Flamengo catari mostra amor ao clube, lembra Ronaldinho e Zico e provoca rival carioca: “Odeio”

0
Torcedor do Flamengo catari mostra amor ao clube, lembra Ronaldinho e Zico e provoca rival carioca:
Torcedor do Flamengo catari mostra amor ao clube, lembra Ronaldinho e Zico e provoca rival carioca: "Odeio"

Um torcedor do Flamengo catari foi encontrado aos redores de um estádio da Copa do Mundo e conversou com a ESPN, que realizava a cobertura da competição. O homem, no entanto, chamou a atenção por conta ser um chamado flamenguista fanático e mostrar grande conhecimento sobre o clube carioca. Ele relembrou Ronaldinho, Zico, e ainda disse odiar o Fluminense, arqui-rival do rubro-negro.

O torcedor flamenguista catari seguiu mostrando conhecimento sobre o rubro-negro e relembrou o mundial de 1981, conquistado em cima do Liverpool (ING): “Amo o Flamengo. Ronaldinho jogou lá, sabe? E eu odeio o Fluminense. Odeio muito o Fluminense. E eu amo os jogadores como Gabigol, todo mundo. Sei que eles já foram campeões do mundo, em 1981, eu sei que é o melhor time do mundo, é claro, e eu amo Flamengo. Zico! Legal né? Júnior também”.

Falando em Mundial de Clubes, o Flamengo disputará a competição na próxima edição do torneio, que deve acontecer em fevereiro. Além dos campeões dos demais continentes, o rubro-negro terá como principal rival o gigante Real Madrid (ESP), campeão de LaLiga e da Liga dos Campeões da Europa na última temporada europeia.

Ao todo, por ser campeão da Libertadores da América e da Copa do Brasil, o Flamengo disputará em 2023 sete títulos. Além de Brasileirão, Copa do Brasil, Libertadores e Estadual, por conquistar os troféus citados acima, o rubro-negro disputará a Recopa Sul-americana, Mundial de Clubes e Supercopa do Brasil. Com a saída de Dorival Júnior, o novo comandante será o ex-Corinthians Vitor Pereira.

Fla ganha bolada com a Copa do Mundo

Após a eliminação de todos os flamenguistas da Copa, o Flamengo irá receber cerca de R$ 5 milhões somente pela premiação da FIFA. A entidade que comanda o futebol mundial pagará 10 mil dólares por dia para cada atleta convocado.