domingo, setembro 27, 2020
Início Notícias Flamengo cita Engenhão preto e branco: "Botafogo quer se aparecer"

Flamengo cita Engenhão preto e branco: “Botafogo quer se aparecer”

Eduardo Bandeira, Presidente do Flamengo, e o Deputado Otávio Leite – Foto: Bruno Giufrida

LANCE:
O objetivo era discutir o futuro do Maracanã, mas a audiência pública na Alerj
virou palco de exposição de ressentimentos e teve um bate-boca ríspido entre os
dirigentes de Flamengo, Vasco e Botafogo, com o Fluminense passando ao largo da
confusão.

O
clima esquentou com a chegada do cruz-maltino Eurico Miranda e do alvinegro
Carlos Eduardo Pereira, que tomaram assento já no meio da audiência.

A
tensão maior ficou entre o botafoguense e o flamenguista Eduardo Bandeira de
Melo. Pereira tomou a palavra para falar sobre a utilização do Nilton Santos e
fez um ataque direto ao Fla.
– O
único que não tem acesso adequado é o Flamengo, pelos problemas de
relacionamento em que os padrões éticos foram colocados de lado. Isso o
Botafogo não vai compactuar. Não é com o clube, mas com a gestão, que trabalha
de maneira inadequada. Se os compromissos éticos forem resgatados, a qualquer
momento vamos discutir utilização – disparou o presidente do Botafogo.
Com a
reunião já terminada, Pereira explicou qual o motivo da indignação do momento.

Tínhamos combinado que os dois clubes teriam direitos iguais no Maracanã. E não
foi o que aconteceu no domingo. Telão, cores, até crachá fizeram vermelho e
preto e queriam que usássemos. Foi um descumprimento flagrante. Esse tipo de
postura acirra os ânimos – disse o presidente do Botafogo.
Bandeira,
ainda durante a audiência, retrucou:
– Eu
achei estranho. Estou acostumado a estar em um ambiente com pessoas educadas.
Disse que o Flamengo não adota ética. Mas o Flamengo nunca faltou com ética.
Pelo menos na minha gestão. É um absurdo – sacramentou o mandatário do
Flamengo.
Eurico
Miranda, como de costume, não se furtou de uma discussão. E atacou a postura do
Flamengo por entender, na visão vascaína, que o rival que o Maracanã só para
si.
– O
Maracanã não é do Flamengo. É do povo. E o Vasco faz parte desse povo –
disparou Eurico.
Ao
final da audiência, Bandeira foi perguntado sobre os ataques do Botafogo, e
disparou:
– Eu
não falei em pintar o Maracanã de vermelho e preto, apesar de o Maracanã ser
vermelho e preto em sua essência. Domingo, estava com as cores porque éramos os
mandantes. O Engenhão está todo pintado de preto e branco e jogamos lá. Isso é
natural. Desde que o Maracanã foi reinaugurado é colocada sempre a cor do mandante.
Se fosse Botafogo x Flamengo, poderia colocar preto e branco. Mas sempre tem
alguém querendo aparecer.
Perguntado
se poderia haver um sinal de paz entre Flamengo e Botafogo, culminando
inclusive com a volta da presença da torcida rubro-negra no Nilton Santos, o
presidente do Botafogo sintetizou:
– É
mais fácil o sargento Garcia pegar o Zorro.

MAIS LIDOS

Torcida do Flamengo responde palmeirenses após provocações

O Flamengo tentou desde do meio da última semana adiar o jogo contra o Palmeiras, neste domingo. O confronto só foi adiado após o...

César não viaja para São Paulo e desfalca Flamengo

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro suspendeu a partida do Flamengo diante do Palmeiras deste domingo. Por não ser uma decisão...

Palmeiras ameaça paralizar o Brasileirão e torcida do Fla não deixa barato

O Flamengo está com vários atletas contaminados, além de dirigentes e membros da comissão técnica. Com o jogo marcado contra o Palmeiras neste domingo,...

UFC 253 ao vivo: Adesanya x Borrachinha

O fim de semana terá muitos eventos esportivos ao vivo. Um dos mais esperados é o UFC 253 ao vivo, onde envolve o brasileiro Paulo...