segunda-feira, setembro 21, 2020
Início Notícias Flamengo começa tudo de novo.

Flamengo começa tudo de novo.

Zé Roberto, técnico Sub-20 do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: Com o plano de trabalho a longo prazo interrompido pela saída precoce do
técnico Muricy Ramalho, o Flamengo começa tudo de novo neste domingo, às 11h,
contra Ponte Preta, sob o comando do interino Zé Ricardo, treinador da equipe
de juniores. O jogo, pela terceira rodada do Brasileiro, no Moisés Lucareli,
será um teste para saber se a integração do profissional com a base — uma das
promessas na chegada de Muricy — está sendo feita de forma que não provoque
outra queda de produção.

O
Flamengo não vence há três jogos e vem de uma eliminação para o Fortaleza na
segunda fase da Copa do Brasil. Mais do que os resultados, o desempenho em
campo é desanimador, e contribuiu para que Muricy decidisse deixar o clube para
cuidar de sua saúde.
A
decisão por alçar Zé Ricardo ao posto de técnico interino, em substituição a
Jayme de Almeida, foi uma maneira de renovar conceitos. A busca por um
treinador mais experiente, que consiga suportar a pressão e colocar o time para
jogar melhor, continua. Mas o prata da casa vai ter um voto de confiança. A decisão
ajudou a acalmar os protestos da torcida e de conselheiros do clube, que cobram
da diretoria a contratação imediata de jogadores para a defesa.
Nos
últimos dias, as críticas quase derrubaram o diretor executivo Rodrigo Caetano,
que perdeu ainda mais força no clube. Flavio Godinho, vice de futebol, lidera a
reformulação que prevê a chegada de um gerente de futebol para fazer o
meio-campo entre atletas e diretoria.
Nas
quatro linhas, César Martins deve retornar hoje entre os titulares. O zagueiro
foi reintegrado depois de um erro de planejamento do clube em dispensá-lo, já
que não seria aproveitado e voltaria ao Benfica. Como Juan se machucou e vai
parar por pelo menos um mês, César deve fazer dupla com Léo Duarte, que
substituiu Wallace após a saída do ex-capitão.
Rodinei,
que atuou na Ponte Preta, pede que o Flamengo entre em campo partindo para
cima, sem se contentar apenas em ficar na defesa.
— A
postura da equipe tem que ser como em todas as partidas, de time grande, propor
o jogo — avisa o lateral-direito: — Não pode ficar com a bunda lá atrás,
esperando eles atacarem. Tem que jogar, ter personalidade, atacar, buscar a
vitória.
A
receita é antiga. Mas não há outra postura e outro resultado que tragam
tranquilidade ao Flamengo hoje.

MAIS LIDOS

Willian Arão é criticado por Mauro Cezar Pereira

Com a saída de Jorge Jesus e chegada de Dome Torrent, os torcedores já esperavam que alguns atletas iriam ter uma queda de dempenho,...

Quatro jogadores do Flamengo testam positivo para covid-19

A onda de notícias ruins não acabam no rubro-negro. Segundo o repórter Vene Casangrande, quatro jogadores do Flamengo testaram positivo para covid-19. E todos...

Thuler titular: Torcedores pedem oportunidades ao zagueiro

O Flamengo vem de uma dura derrota para o Independiente del Valle. No jogo contra os equatorianos, pela Libertadores da América, o sistema defensivo...

Perfil diz que Jorge Jesus aceitaria retornar ao Fla num cenário

O torcedor do Flamengo estava torcendo para Dome Torrent conseguir fazer com que o Flamengo continuasse jogando um futebol de alto nível. Entretanto, isso não aconteceu....