domingo, setembro 27, 2020
Início Notícias Flamengo cresce e entra na briga pelo título do Brasileirão.

Flamengo cresce e entra na briga pelo título do Brasileirão.

Arte: Goal

GOAL: O
primeiro turno do Flamengo começou um tanto quanto conturbado, bem diferente de
como terminou. Em maio, o time Rubro-Negro estava passando por uma crise após
mais uma vez ter sido eliminado para o rival Vasco no Campeonato Carioca.

Com o
início completamente irregular, o Flamengo se viu também sem Muricy Ramalho,
talvez a maior contratação até então. O consagrado treinador chegou para um
trabalho a longo prazo mas acabou deixando o cargo por problemas de saúde.
A
eliminação precoce na Copa do Brasil para o Fortaleza era mais um indício de
que o clube caminhava para mais um ano desastroso. Mas assim que Zé Ricardo,
técnico do sub-20, assumiu interinamente o time profissional o sentimento do
torcedor começou a mudar.
E o
mesmo aconteceu com o elenco que conseguiu entender o que o treinador tentava
passar ao grupo. Aos poucos o Flamengo foi crescendo no campeonato e a
efetivação de Zé Ricardo ficou cada vez mais próxima.
A
chegada de reforços principalmente para o setor defensivo também foi crucial
para a crescida do time na competição. Réver e Rafael Vaz deram segurança e um
toque a mais de experiência para a zaga que chegou a ficar sem Juan durante um
mês.
Outro
fator importante para a evolução do time foi que depois da Copa América
Centenário, Paolo Guerrero voltou com todo o gás, além das boas atuações anotou
quatro gols e deu assistências importantes.
Sem o
Maracanã, o Flamengo precisou achar um novo refúgio e diferente do primeiro
semestre onde alternou muitos locais diferentes, encontrou em Cariacica um
“novo lar” e com o apoio da torcida conquistou pontos importantes.
Apesar
de começar atuando no 4-3-3 em algumas oportunidades o treinador optou pelo
4-4-2, principalmente nas vezes em que Everton esteve fora por conta de lesão.
Se no início tinha pouca moral, Mancuello foi ganhando aos poucos a confiança
de Zé Ricardo.
Nos 19
jogos do primeiro turno o maior problema do time de Zé Ricardo foram os
confrontos contra as equipes que brigam pelo G-4. Dos quatro adversários
diretos o Rubro-Negro só venceu o Atlético-MG. Perdeu para Palmeiras,
Corinthians e Grêmio e empatou com o Santos que na ocasião estava bastante
desfalcado.
Para o
segundo turno a expectativa de evolução só aumenta até porque o principal
reforço do ano, o meia Diego, ainda não estreou com a camisa do Flamengo. Há
muita expectativa tanto do atleta quanto da torcida por sua performace dentro
de campo. Além dele, Leandro Damião também pode ser bastante utilizado.
Antes
azarão, agora, o Flamengo começa o segundo turno do Brasileiro como forte
candidado ao título, e o primeiro duelo é no próximo domingo (13), contra o
Sport, na Ilha do Retiro.

MAIS LIDOS

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...

Jordi Guerrero rasga elogios a Base do Fla: “Estavam preparados para jogar”

Jordi Guerrero, substituto de Domènec Torrent na tarde deste domingo diante do Palmeiras, onde a equipe saiu de campo com um empate em 1...

Lincoln cutuca o Palmeiras após grande atuação

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, em jogo contra o Palmeiras. O confronto pelo Campeonato Brasileiro por pouco não saiu do...

Hugo Souza encanta torcida do Flamengo

O Flamengo jogou na tarde deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pelao Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro só soube que teria jogo minutos antes da partida começar,já que a...