01

Flamengo passa sufoco para vencer o Defensa no confronto pela Libertadores

As camisas e os jogadores estão lá, mas o Flamengo, que derrotou o Defensa y Justicia, da ARG por 1 a 0 nos últimos 16 jogos da Libertadores, é um Rubro negro e quase não se lembra de ter proporcionado bons momentos dos torcedores do time.

Na noite em que Renato Gaúcho tomou posse pela primeira vez, o Fla deixou Florencio Varela para comemorar a vitória, mas o desempenho abaixo da média despertou o interesse da torcida e trouxe desafios de curto prazo para o novo comandante.

Ao contrário do usual, o Rubro Negro é uma equipe que ficou sem o manuseio de bola e costumava cometer erros de passe ao sair da bola. A ausência de Rodrigo Caio, Willian Arão, Diego e Bruno Henrique causou um fardo pesado.

Devido à pouca mobilidade da equipe, os rossoneri não os assustaram, foram derrotados pelos argentinos e ficaram muito gratos a Diego Alves, que fez defesas decisivas para a vitória. O time de Renato jogou mais espaçado.

Renato Libertadores
Foto: Flamengo

Não houve pressão conhecida para o oponente sair, o que encurralou o Flamengo; deixando o mesmo em uma armadilha em seu próprio lado do campo; o que rendeu mais trabalho para sair da mesma.

Vista de Renato Gaúcho

“Não adianta praticar um futebol bonito e de repente perder a partida. Se perguntar ao torcedor se gostaria de jogar bem e perder o jogo ou jogar mal e vencer o jogo, tenho certeza que a opinião deles é igual a minha. O torcedor pode ficar tranquilo que, quando todos estiverem à disposição, o grupo estará muito mais forte”, pontua Renato.

“A equipe principal já tem aquele entrosamento. No momento que você mexe bastante na equipe devido as lesões, fica difícil. Ao mesmo tempo, não é fácil ganhar fora, Libertadores é sempre jogo difícil. Hoje, prevaleceu mais a vontade”, defende a equipe.

“Você pode fazer uma partida maravilhosa e vencer que sempre vamos ter problemas para serem resolvidos. A gente não está tendo tempo para treinar, é na base da conversa e na base do vídeo. Mas eu tenho um grupo maravilhoso, com uma qualidade muito grande”, completa por fim.

Renato Gaúcho não tem muito tempo para se preparar para um novo desafio, visto que o calendário está indo contra o mesmo. Já neste domingo (18), o Flamengo enfrenta o Bahia pelo o Brasileirão. E logo na quarta-feira (21); ele enfrentará novamente o Defensa; no jogo decisivo.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod