Flamengo deve ter Mancuello e Gabriel contra o Vila Nova.

Por: Fla hoje

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

GLOBO
ESPORTE
: Uma semana após a apresentação do elenco rubro-negro para o início da
pré-temporada, o técnico Zé Ricardo concedeu, nesta quinta-feira, a sua
primeira entrevista coletiva do ano. Além de falar do planejamento e de suas
avaliações até aqui, ele admitiu que haverá pressão por títulos após dois anos
de jejum. Por outro lado, garantiu um time competitivo em todos os torneios de
2017.

– Não
tem jeito, quando o trabalho estiver bem estruturado, a gente brigando pela
parte de cima da tabela, os títulos virão de forma natural. A competitividade
em todos os torneios que vamos disputar é muito grande. Nosso papel é preparar
os jogadores em todos os aspectos, diminuindo os erros, para deixá-los com
capacidade para brigar de igual para igual com qualquer equipe. A pressão
existe, mas ela faz parte do uniforme do atleta, ainda mais em uma equipe como
Flamengo. Estaremos muito atentos e competitivos em todas as competições, a
começar pelo Campeonato Carioca.

falou com a imprensa no CT pouco após a divulgação da convocação de Alex
Muralha, Diego, Jorge e Willian Arão para a seleção brasileira. Para ele, a
presença de seus atletas não atrapalhar a programação do time e é motivo de
celebração.
– Uma
felicidade muito grande. Fui comunicado no fim do treino da convocação. Fazia
tempo que o Flamengo não tinha quatro jogadores na Seleção. É fruto do trabalho
desenvolvido aqui no clube e esforço pessoal dos atletas. Através do jogo
coletivo, conseguiram esses desempenhos. Acredito que a gente possa ter
jogadores mais motivados.
Ainda
empolgado com a convocação de seus atletas para a Seleção, Zé revelou uma
possível mudança para o time do Flamengo. De acordo com o treinador, ele e
Mancuello conversaram e o argentino deve jogar em uma posição diferente da que
atuou no ano passado.
– Na
minha chegada ao profissional, conversei com o Mancuello para utilizar ele mais
na frente, no lado oposto que ele está acostumado. Por ele nunca ter jogado
ali, não se sentiu tão à vontade. No meio do ano, ele me procurou falando que
talvez conseguiria fazer.  Vamos fazer
uma experiência e ver se rende. Notoriamente é um jogador com qualidade e
talento, e a gente tem uma maneira mais estabelecida de jogo – disse.
Maracanã abandonado
O
comandante comentou também a situação em que se encontra o Maracanã. Ele
lembrou todo o investimento feito nos últimos anos e o tempo em que o estádio
ficou sem jogo e disse que ver o palco do jeito que está “dá vontade de
chorar”.
– Como
carioca e morador de Vila Isabel, fico muito triste de ver o Maracanã nessa
situação. Fez parte da minha infância. Lamento muito esse imbróglio
acontecendo. Depois de uma reforma para Copa do Mundo e outra para Olimpíada, a
gente escutar que está fechado e em condições ruins, dá até vontade de chorar.
Esse caso do Maracanã aqui está nas mãos da presidência do clube, vendo o que é
melhor para o clube. Vamos preparar a equipe no campo e na bola para as
competições. Tomara que a gente resolva isso, se for bom para todas as partes,
que a gente possa ver o Maracanã. O Maracanã é patrimônio do povo, do carioca,
do brasileiro. Então, a gente fica triste por isso. Maracanã vazio é
lastimável, é de chorar – disse.
O
Flamengo volta aos gramados neste sábado. A equipe disputa amistoso contra o
Vila Nova, no Serra Dourada, em Goiânia. A partida acontece às 18h45 (de
Brasília). Entre os reforços, apenas Miguel Trauco deve viajar com o elenco.
Romulo, assim como Conca, deve continuar trabalhando no Rio. No Campeonato
Carioca, a estreia será no outro fim de semana, dia 28, contra o Boa Vista.
Veja
os demais tópicos da entrevista do técnico Zé Ricardo:
Justiça na convocação
O que
eu posso dizer é que o rendimento deles com a gente foi bom. Tenho certeza de
que vão representar muito bem o Brasil contra a Colômbia. Acredito que a
convocação passa pelos critérios que a CBF analisou. Eles têm bastante
elementos para convocar. Então acho que teve justiça sim.
Perda de jogadores para seleção
Todas
as grandes equipes têm esse risco. A presença de jogadores sul-americanos é uma
realidade. Não só o Flamengo, mas outras equipes passarão por isso. Nosso papel
é prospectar o grupo todo e dar condição ao elenco, para que os jogadores
possam estar preparados para eventuais ausências. Teremos cinco competições
pela frente, e o desgaste e contusões podem acontecer. Nesse ponto, temos um
grupo nivelado, com substituições sendo bem feitas, com a menor perda técnica
possível.
Programação
Na
quarta-feira teremos um jogo-treino. Quem for para a seleção vai jogar à noite
contra a Colômbia. E eventualmente, se um jogar mais ou menos, a gente ajusta
para a partida contra o Boavista.
Reforços e Romulo
Quando
saímos de férias, deixamos o planejamento feito e as contratações e as
carências indicadas também. Deixamos quatro, cinco nomes por posição. Das
contratações que sugestionamos, conseguimos duas pontualmente: Romulo e Trauco.
O Conca foi uma opção de mercado, que a gente logicamente foi comunicado e deu
o sinal positivo. Ainda buscamos no mercado, sem pressa e afobação, dois
jogadores ofensivos para a gente completar o elenco e variar ainda mais as
opções de jogo. Estamos satisfeitos e vamos trabalhar para entrosá-los o mais
rápido possível.
O
grupo os recebeu de uma forma muito positiva e eu não esperava nada diferente.
E agora é trabalhar e colocar para jogar. A ideia não era levar o Romulo para
esse jogo (amistoso com o Vila Nova). O último jogo dele foi na metade de
novembro, tem a recuperação da lesão que ele teve no joelho. Vamos ter todo
cuidado possível para não perder ele ou outro jogador para a temporada que
temos pela frente. Não está definido totalmente. Vamos ter uma reunião hoje,
para avaliar como o Romulo foi em campo hoje e ontem, para saber se a gente vai
levar para participar de uma parte da partida ou não.
Estrutura novo do Ninho
Um
orgulho participar desse módulo profissional. Quando cheguei aqui em 2005,
tínhamos apenas um campo e uma casa, onde era feito tudo aqui. Ver essa
transformação deixa a gente feliz e orgulhoso por participar desse trabalho no
novo módulo. O Flamengo só tem a ganhar com isso. Os atletas percebem a
diferença. Esses dias que estamos aqui, evoluímos muito nos aspectos físicos e
técnicos.  Podemos trabalhar com temas
multidisciplinares na parte da noite, podendo esclarecer coisas com os atletas.
Temos diversos temas. Hoje teremos uma reunião de arbitragem, discutindo os
diferentes campeonatos que vamos participar, discutir as diferenças nas regras
de arbitragem. Teremos um ex-árbitro para esclarecer as nossas dúvidas.
Acredito que a pré-temporada começou muito bem, os atletas estão satisfeitos, e
o tempo passa de uma forma mais leve para eles e para a gente.
Sem Diego, quem vai ficar na criação do
campo
É o
Gabriel, já tem treinado ali. Ele é um jogador versátil, pode jogar tanto pelo
lado do campo, como por dentro, fazer segundo atacante. É um jogador rápido,
pensa de forma bastante ligeira. A gente deve usar ele ali.
Ederson e Conca
O
Conca a gente estabeleceu algumas etapas de recuperação para ele. A gente está
atento. Ele tem treinado até em três períodos. Ele sempre se mostrou um atleta
bastante intenso, bastante profissional também fora de campo. Acreditamos que
ele possa nos surpreender, mas sem nenhum tipo de pressão. Quando ele estiver
apto, temos alguns pensamentos pra ele, jogando com o Diego, como segundo meia.
A gente pensa assim, e ele é um jogador que tem que ficar perto do gol, pela
versatilidade jogo, com capacidade de decidir um jogo em um toque, passe e
finalização. É um jogador que traz muito mais soluções do que problemas
táticos. Sobre o Ederson, tenho conversado com ele, Conca e Thiago Santos, que
são os nossos jogadores que estão no departamento médico.
Até
porque pelo tempo que temos aqui no CT, estamos dormindo aqui, então a gente
consegue essa relação um pouco maior. Temos otimismo para contar com ele o
quanto antes. É um cara extremamente profissional. Já mostrou no Flamengo e em
outras equipes que ele pode ser útil. É mais uma opção para a gente, e o
Flamengo espera contar com ele o quanto antes. Com toda calma, para não queimar
qualquer tipo de etapa para esses atletas poderem se recuperar.

MAIS LIDOS

Chances do Flamengo ganhar o Brasileirão disparam após vitória

O Flamengo vem de uma grande vitória no Campeonato Brasileiro, a mais importante do Rubro-negro até o momento no Brasileirão. Neste domingo, o Rubro-negro...

Veja a provável escalação do Internacional contra o Flamengo

O Internacional tem pela frente um grande jogo de futebol neste domingo. O time gaúcho irá medir forças com o Flamengo, em jogo que...

Escalação do Flamengo deve ter novidades; veja quem deve começar jogando

O Flamengo tem uma grande final pela frente para disputar. Neste domingo, o Rubro-negro carioca irá medir forças com o Internacional, em jogo decisivo...

São Paulo empata e pode jogar contra o Fla para cumprir tabela

O São Paulo enfrentou o Palmeiras na noite desta sexta-feira, em jogo atrasado do Campeonato Brasileiro. O confronto poderia colocar o São Paulo de...