Flamengo: Diniz exalta Jesus, mas defende Luxemburgo

Flamengo: Diniz exalta Jesus, mas defende Luxemburgo

Desde que chegou ao Flamengo no meio do ano passado, o técnico Jorge Jesus deixou os torcedores do Mais Querido acostumados a gritar “É campeão”. O treinador português é apontado por muitos como o principal comandante do futebol brasileiro. Em entrevista ao programa Os Canalhas, o treinador do São Paulo, Fernando Diniz, elogiou Jesus, mas […]

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

Desde que chegou ao Flamengo no meio do ano passado, o técnico Jorge Jesus deixou os torcedores do Mais Querido acostumados a gritar “É campeão”. O treinador português é apontado por muitos como o principal comandante do futebol brasileiro. Em entrevista ao programa Os Canalhas, o treinador do São Paulo, Fernando Diniz, elogiou Jesus, mas ressaltou que técnicos como Vanderlei Luxemburgo não podem ser esquecidos.

“Você pega o Vanderlei [Luxemburgo], eu joguei com o Vanderlei lá em 1996 no time do Palmeiras. A gente viu outros times do Vanderlei e ele fez times assim maravilhosos, você lembra do ataque dos 100 gols do Palmeiras em 1996, ele fez [mais de] 100 gols num Campeonato Paulista, mais de 100 gols. Então, a gente não pode apagar a história porque chegou um cara que é bom”, afirma Diniz que continuou:

“O Vanderlei é bom, o Jorge Jesus é bom, o Sampaoli é bom, o Tite é bom, nós temos outros bons treinadores aqui. A gente tem que saber valorizar, não é achar que veio e o resto não presta”, completa o técnico do São Paulo.

Flamengo
FOTO: LUCAS FIGUEIREDO / CBF

“O Sampaoli não ganhou nada e é bom, é do nível do Jesus, provavelmente se tivesse trocado de time, o Sampaoli talvez tivesse ganho os títulos que o Jorge Jesus ganhou, e o Jorge Jesus talvez não tivesse ganho. Tem um monte de circunstâncias que favorecem. Para fazer essa análise crítica, eu acho muito importante, mas eu acho que ele é um baita técnico, acho que o Flamengo é uma potência, tinha muito poder financeiro e quando acertou no técnico, que encaixou, que teve outros grandes treinadores, mas esse chegou, encaixou e foi embora”, conclui Fernando Diniz.

Pelo Rubro-negro, Jorge Jesus conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro, Libertadores, Recopa Sul-Americana e SuperCopa do Brasil. Jogando com o Mais Querido no estádio do Maracanã, o treinador português não teve nenhuma derrota.

  • Autor: FlaHoje ,
  • 18/06/2020 ,
  • Atualizado: 18/06/2020

Flahoje.com surgiu como uma alternativa para os flamenguistas curtirem as notícias do seu time imparcialmente.

© 2022 Flahoje. Todos os direitos reservados.