Thiago Maia chegou em 2020 com boas expectativas, e elas foram cumpridas. O volante fez grandes partidas com a camisa rubro negra, desde o campeonato carioca. Não à toa, em determinados momentos a torcida questionou se Thiago não poderia ser titular ao lado de Gerson, bancando Arão na posição. O bom futebol infelizmente acabou sendo “substituído” por uma lesão grave no joelho. Serão oito meses fora dos gramados. Tempo esse que consumiria todo o restante do empréstimo do jogador no Flamengo.

Porém, o rubro negro entende Thiago como peça fundamental do elenco, e negocia extensão do empréstimo. As negociações são vistas com muito otimismo no Ninho, sendo consideradas muito bem encaminhadas. Assim, neste cenário, o empréstimo que seria até julho de 2021 seria “estendido” para dezembro do mesmo ano. Alguns meses a mais para o jogador mostrar futebol e para o Flamengo se organizar economicamente, para quem sabe, fazer uma proposta de compra, ao final do empréstimo.

Vale lembrar que o jogador tem em seu contrato de empréstimo, valor fixado em 7 milhões de euros, por 50% de seus direitos. Na cotação atual, bastante elevada, esse valor ficaria na casa dos 43 milhões de reais. Com orçamento apertado e compra cara de Pedro, seria fundamental realizar a compra apenas no fim do ano que vem.

O jogador possui ainda 23 anos e se encaixa perfeitamente no perfil de atleta que a diretoria tem optado. Qualidade técnica somada a baixa idade e potencial de venda futura. A lesão de Thiago é vista como uma exceção em sua carreira e após a recuperação, sua condição física estará normalizada. Assim, clube enxerga a compra com bons olhos.

Hugo Moura deverá retornar do empréstimo para o elenco

Hugo Moura, volante da base emprestado ao Coritiba, deverá integrar o elenco em 2021, junto de Thiago Maia e Arão. Rogério Ceni vê no jovem um potencial para se tornar jogador importante para a equipe e já sinalizou isso para a diretoria.

Com apenas 22 anos, Hugo Moura sempre se destacou pelo porte físico e movimentação. Sempre elogiado pelo porte físico e pode de liderança, Hugo é visto como útil ao elenco. O jovem tem contrato com o rubro negro até dezembro de 2023.

Mesmo que pouco, Hugo Moura participou das campanhas vencedores de 2019, com seis partidas entre Libertadores e Brasileirão.

Leia também: Flamengo marca reunião para “última cartada” com Diego Alves

Veja também: Indicado ao Puskas, Arrascaeta concede entrevista no Ninho do Urubu