terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Flamengo encara retrospecto e pressão da Arena da Baixada.

Flamengo encara retrospecto e pressão da Arena da Baixada.

Foto: Divulgação

GLOBO
ESPORTE
: Por mais que o gramado sintético tenha se tornado o principal tópico
quando o assunto é a Arena da Baixada, não é o tipo da grama – instalado em
2016 – que tornou o Atlético-PR forte em Curitiba. E o Flamengo sabe bem disso.
Não por acaso ganhou apenas uma vez no estádio. Nesta quarta-feira, a equipe do
técnico Zé Ricardo busca a façanha de vencer o Furacão pela segunda vez em sua
casa. A partida é válida pela fase de grupos da Libertadores, quarta-feira, às
21h45. Veja outros fatores que dificultam a vida dos visitantes em Curitiba:

Pressão da torcida:
A
Arena da Baixada é conhecida também pela pressão feita pela torcida em partidas
com bom público. Para se ter uma ideia, a distância entre o arquibancada e o
campo é de 6 metros (próximo ao que será usado na nova Arena da Ilha). No
Maracanã, por exemplo, a distância é de 14 metros. Restam poucos ingressos à venda
e a torcida do Atlético-PR promete empurrar o time.
A única vitória do Fla veio com
Ronaldinho:
A
única vitória dos cariocas na Arena da Baixada foi em 2011. Curiosamente,
também em um torneio continental – a Copa Sul-Americana. Na primeira fase do
torneio, os dois times iniciaram aquele jogo com time reserva. Mas o Flamengo
contou com a entrada de Ronaldinho Gaúcho no decorrer da partida. O camisa 10
fez o único gol do jogo aos 28 do segundo tempo. (Lembre no vídeo abaixo). O
retrospecto do Flamengo no estádio é de 16 jogos, uma vitória, quatro empates e
11 derrotas.
Força recente?
Apesar
de ter seis empates no ano na Arena (a maioria foi com time reserva), o
Atlético-PR não perdeu em sua casa na temporada 2017. Além disso, na campanha
que o levou até o G6 do Brasileirão em 2016, a equipe só foi derrotada uma vez
(para o campeão Palmeiras) e sofreu apenas seis gols em Curitiba. A última
derrota foi em agosto, diante do Grêmio, pela Copa do Brasil. O time gaúcho
também se tornaria campeão do torneio.
Último
confronto entre Atlético-PR x Flamengo na Arena da Baixada foi em dezembro,
pela última rodada do Brasileirão. O jogo terminou em 0 a 0.
Arena fundamental no sucesso do Furacão:
Foi
evidente a importância da Arena da Baixada em dois momentos importantes da
história recente do Atlético-PR. Em 2001, quando conquistou o título nacional,
o Furacão teve 79,4% de aproveitamento, com 25 vitórias, seis empates e três
derrotas. Já em 2005, quando ficou com o vice da Libertadores, o time somou
79,1% dos pontos em casa, com 26 vitórias, cinco empates e quatro derrotas.
A
Arena da Baixada foi inaugurada em 1999. Em 2011, foi fechada para uma grande
renovação visando a Copa do Mundo. Recebeu três jogos da primeira fase do
torneio em 2014.

MAIS LIDOS

As opções de Domenec

Não são tão vastas as opções para Domenec, ele precisará quebrar cabeça para encontrar o melhor Flamengo possível para hoje. É bem verdade que...

Voo com “reforços” é barrado no espaço aéreo peruano

A situação do Flamengo anda tão complicada que até o simples não tem funcionado. Na madrugada desta segunda para terça o avião dos jovens...

Jorge Jesus quer voltar ao Flamengo? Jorge Nicola explica

Ao longo dos últimos dias, um boato começou a ganhar força no Twitter. O boato diz que Jorge Jesus estaria insatisfeito no Benfica e...

Sormani detona o Flamengo na pandemia: ”É o que mais faz bobagem”

O Flamengo não está tendo dias fáceis. Nesta segunda-feira, o Rubro-negro anunciou que mais um atleta foi contaminado pelo Novo Coronavírus. Com Vitinho também contaminado, o...