domingo, setembro 27, 2020
Início Notícias Flamengo faz 'estudo de caso' do Maracanã e Estádio próprio.

Flamengo faz ‘estudo de caso’ do Maracanã e Estádio próprio.

Maracanã pode ser administrado pelo Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

GLOBO
ESPORTE
: Em vias de ser devolvido ao governo do estado pela Odebrecht, o
Maracanã pode voltar às suas origens. Inaugurado como equipamento esportivo
municipal da então capital federal do Rio de Janeiro, o estádio é motivo de
negociação do governo do estado com a prefeitura da cidade. A intenção do
prefeito Eduardo Paes é fazer Parceria Público-Privada, com apoio e
administração conjunta de Flamengo e Fluminense, que finaliza esta semana
estudo de viabilidade econômica para conhecer a fundo as possibilidades do
estádio.

A
intenção da prefeitura animou as diretorias da dupla Fla-Flu. Em mais de uma
oportunidade, o Flamengo afirmou que estava pronto para assumir o Maracanã e
até administrá-lo com parceiros, o que hoje não é possível por impedimento de
edital de licitação do estádio, vencido pela Concessionária Maracanã,
encabeçada pela Odebrecht. A crise da própria construtora e do estado do Rio
abriu as portas para novo marco regulatório do Maracanã.
Em
abril deste ano, em nota oficial, o Flamengo afirmou que era contra a simples
sucessão de um consórcio pelo outro sem a participação do clube, o que geraria
impasse e um rompimento do clube com o estádio – o time não jogaria em
condições em que não fosse protagonista da gestão e administração do estádio. O
clube da Gávea quer conhecer e estudar o modelo para entrar no negócio.
Comissão formada na Gávea avalia há alguns meses esta e outras possibilidades
pra o Flamengo ter a sonhada casa própria.
Em
conjunto com o Fluminense, o Rubro-Negro tenta chegar ao modelo de equilíbrio
entre despesas e receitas para entrar de cabeça no projeto. Análise anterior já
apontava gastos excessivos da Concessionária no funcionamento do estádio – o
que era repassado em preço de aluguel e serviços no Maracanã. A dupla Fla-Flu
estuda cortar bastante esses custos. Apesar da ideia ser embrionária, o repasse
já foi motivo de alguns encontros com dirigentes da Gávea.
Pelo
lado do Fluminense, o presidente Peter Siensem também se mostrou entusiasmado
com a ideia de dividir a administração do Maracanã com a prefeitura do Rio e
com o Flamengo. Peter aproveitou para elogiar Eduardo Paes.
– A
ideia é muito boa por diversos motivos. Primeiro que o Maracanã é um
equipamento que tem todas as características para pertencer ao Município. Não
faz sentido pertencer ao Estado. Segundo que o Eduardo Paes tem sido um
parceiro dos clubes cariocas. Ele foi fundamental para viabilizar o nosso CT
que será inaugurado em breve na Barra. Com a visão moderna que ele tem,
Flamengo e Fluminense tem tudo para construir um projeto com a Prefeitura que
torne o Maracanã viável e rentável – disse o presidente do Fluminense.

MAIS LIDOS

César não viaja para São Paulo e desfalca Flamengo

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro suspendeu a partida do Flamengo diante do Palmeiras deste domingo. Por não ser uma decisão...

Palmeiras ameaça paralizar o Brasileirão e torcida do Fla não deixa barato

O Flamengo está com vários atletas contaminados, além de dirigentes e membros da comissão técnica. Com o jogo marcado contra o Palmeiras neste domingo,...

UFC 253 ao vivo: Adesanya x Borrachinha

O fim de semana terá muitos eventos esportivos ao vivo. Um dos mais esperados é o UFC 253 ao vivo, onde envolve o brasileiro Paulo...

Palmeiras x Flamengo é suspenso

O jogo entre Palmeiras x Flamengo, que iria acontecer neste domingo, está suspenso. O Sindiclubes, sindicato que representa os atletas do Rio, entrou na...