sexta-feira, setembro 18, 2020
Início Notícias Flamengo fez apenas quatro gols nas últimas seis partidas.

Flamengo fez apenas quatro gols nas últimas seis partidas.

GLOBO
ESPORTE – Oswaldo de Oliveira tem mais um setor para fazer ajustes no Flamengo.
Se num primeiro momento o grande problema era a defesa e o fantasma das bolas
aéreas, agora o ataque também inspira cuidados. Nos seis jogos do pós-arrancada
– com cinco derrotas –, a equipe marcou apenas quatro gols. Em três partidas
passou em branco, sendo as duas últimas de forma consecutiva. Do trio
considerado titular atualmente, apenas Emerson Sheik marcou neste período.
Éverton e Guerrero vivem jejuns incômodos.
O que
mais preocupa é o longo período sem marcar de Guerrero. Contratado para ser o
homem-gol do Flamengo, o peruano não marca há quatro jogos no Brasileirão. São
quase dois meses sem balançar as redes com a camisa rubro-negra. A última vez
que isso aconteceu foi na vitória sobre o São Paulo, no dia 23 de agosto.
Contra o Inter, Guerrero demonstrou vontade, colocou até uma bola na trave, mas
deixou o campo sem conseguir colocar um fim no jejum.
– Ele
luta muito, apanha muito. Vejo poucos jogadores apanhar tanto. Quantas bolas
ele ganhou para jogarmos no campo do adversário? Ele dominava a bola, fazia o
time jogar. Natural que neste combate ele seja agressivo. E faça faltas. Acho
natural (essa ansiedade). Natural para um jogador que não vem marcando. Vai
superar isso. Jogador de reconhecimento internacional – defendeu o técnico
Oswaldo de Oliveira.
Éverton
vive um jejum menor que Guerrero em período de tempo, porém, maior quando o
assunto é quantidade de jogos. O atacante não marca há oito partidas no
Brasileirão. A última vez que o atacante balançou as redes foi na vitória sobre
o Sport, no dia 30 de agosto. Entretanto, bem verdade que Éverton chegou a ser
improvisado como lateral-esquerdo nos jogos contra o Atlético-MG e Figueirense.

Pecamos muito na última bola, na hora de empurrar para o gol. Criamos
oportunidades. O Internacional só foi no nosso gol quando conseguiu o gol –
opinou o zagueiro Samir.
Kayke enxerga incompetência
Outro
que também caiu de produção junto com o time após a arrancada de seis vitórias
consecutivas foi Kayke. Aclamado nos primeiros jogos com os gols e boas
atuações, o atacante, reserva imediato de Guerrero, não conseguiu manter a boa
fase. São cinco jogos sem marcar no Brasileirão. Destes, dois como titular.
Na
hora de justificar a causa do problema no setor, Kayke não fez rodeios e
acredita que tem faltado competência ao ataque.
– Eu
não vejo dessa forma (ansiedade). Vejo como incompetência. A gente tem que ser
competente para fazer aquilo que está predeterminado. Os passes, os gols, as
conclusões, tudo passa por isso. A gente tem que manter a cabeça fria para
fazer uma boa partida.
A
derrota para o Internacional derrubou as chances de classificação do Flamengo
para apenas 3%. O próximo desafio do time será contra o líder Corinthians, no
domingo, em São Paulo.

MAIS LIDOS

Zinho avalia que o Flamengo errou ao contratar Torrent

Torrent vive o seu pior momento desde que chegou no Flamengo. Após acumular quatro vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro foi derrotado pelo...

Marcos Braz ameaça pedir demissão; entenda o motivo

Nem o flamenguista mais pessimista poderia imaginar que o resultado do jogo seria 5 a 0. O Rubro-negro foi simplesmente atropelado, sendo esse um...

Mauro Cezar detona a atuação vergonhosa do Flamengo

O Flamengo foi simplesmente atropelado pelo Independiente del Valle, em jogo da Libertadores da América. Perdendo por 5 a 0, os torcedores se revoltaram e já cobram...

Torrent explica goleada do Flamengo, mas avisa: ”São três pontos”

O Flamengo mediu forças diante do Independiente de Valle, na noite desta quinta-feira, em jogo da terceira rodada da Libertadores da América. O gigante carioca tentou explicar...