Contratação de Gerson se torna terceira maior compra da história do Flamengo; confira o Top-10

0
Ele vem? Pai de Gerson anima torcida do Flamengo
Ele vem? Pai de Gerson anima torcida do Flamengo

O Flamengo acertou a compra de Gerson no último sábado (31) e repatriou o jogador após passar 17 meses atuando no Olympique de Marselha (FRA). A novela envolvendo o retorno do volante se estendeu por semanas, já que a maior dificuldade era os altos valores exigidos pelo clube francês. O rubro-negro, no entanto, conseguiu diminuir a pedida e concretizou a contratação por 15 milhões de euros, valor que coloca o coringa como terceira maior compra da história do clube carioca.

A pedida inicial do Olympique de Marselha (FRA) era de 20 milhões de euros, mas o Flamengo não se dispôs a pagar este valor. Mesmo acertando a compra em 15 milhões de euros, os valores colocam o retorno de Gerson à Gávea como terceira maior compra do time carioca de todos os tempos, atrás apenas dos craques Arrascaeta e Gabigol, principais nomes da história recente do rubro-negro.

Confira as 10 maiores compras do Flamengo na história

1º – Gabigol (17,5 milhões de euros)
Inter de Milão (ITA) – Flamengo | 2019

2º – Arrascaeta (15 milhões de euros)
Cruzeiro – Flamengo | 2019

3º – Gerson (15 milhões de euros)
Olympique de Marselha (FRA) – Flamengo | 2022

4º – Pedro (14 milhões de euros)
Fiorentina (ITA) – Flamengo | 2020

5º – Everton Cebolinha (14 milhões de euros)
Benfica (POR) – Flamengo | 2022

6º – Gerson (13 milhões de euros)
Roma (ITA) – Flamengo | 2019

7º – Vitinho (12 milhões de euros)
CSKA Moscou – Flamengo | 2018

8º – Vagner Love (10 milhões de euros)*
CSKA Moscou – Flamengo | 2012

9º – Michael (7,5 milhões de euros)
Goiás – Flamengo | 2020

10º – Léo Pereira (7 milhões de euros)
Athletico-PR – Flamengo | 2020

10º – Rodrigo Caio (7 milhões de euros)
São Paulo – Flamengo | 2019

10º – Ayrton Lucas (7 milhões de euros)
Spartak Moscou (RUS) – Flamengo | 2022

Como mencionado, o Olympique de Marselha pedia 20 milhões de euros ao Flamengo por Gerson, quantia que o time carioca não estava disposta a pagar, apesar do desejo em contar com o volante. Foi fundamental para o acerto a falta de proposta de clubes das grandes ligas europeias, o que fez os franceses darem mais atenção a negociação com o rubro-negro. Além disso, o jogador sempre demonstrou sua vontade em retornar a gávea.