• Início
  • Notícias
  • Flamengo recorrerá ao STJD por agressão de dirigente do Vasco a Gabigol
Publicidade

Flamengo recorrerá ao STJD por agressão de dirigente do Vasco a Gabigol

Publicidade

A partida entre Flamengo e Vasco, disputada na noite da última quarta-feira (13), contou com um dos principais elementos dos clássicos: a tensão durante os 90 minutos. Após o apito final, porém, algo inusitado aconteceu: o gerente de futebol do Vasco, André Souza, agrediu o atacante Gabigol com um chute. Por conta disso, o Rubro-Negro recorrerá ao STJD. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal Globoesporte.com.

Os dirigentes do Flamengo se revoltaram com o acontecido e irão fazer a denúncia baseados nos artigos 254-A, 257 e 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Estes artigos tratam sobre agressão ou conduta contrária à disciplina e à ética esportivas. A pena máxima de suspensão seria de até 180 dias ao dirigente vascaíno.

Veja o que diz a regra:

Pena do artigo 254-A: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

Pena do artigo 257: suspensão de duas a dez partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

FOTO: REPRODUÇÃO

Pena do artigo 258: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

A agressão aconteceu durante a confusão generalizada pós-jogo, ainda dentro do campo. Se o lado do Vasco ainda não se pronunciou sobre o ocorrido, o agredido Gabriel Barbosa falou:

– Estava conversando com o Fellipe (Bastos) sobre o jogo. Ele (André Souza) veio e me deu um tostão. Me agrediu, sim, fica nítido na imagem. Não tive nem reação. A agressão realmente não dá para entender -, lamentou Gabigol.

Enquanto isso, o Flamengo se reapresenta na tarde desta sexta-feira (15) com foco total no Grêmio. A partida acontece pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, na arena gremista. O duelo terá início às 16h (horário de Brasília), no próximo domingo (17).

Por: Colunado Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod