Flamengo recua diante os valores e negociações por Rodriguinho emperram

Um dos primeiros nomes a fazer parte dos planos da nova diretoria do Flamengo, Rodriguinho ficou longe de um acerto. As conversas pelo meia do Pyramids FC, do Egito, travaram nos valores e na forma de parcelamento da compra de parte dos direitos econômicos.

Comprado ao Corinthians no meio do ano por US$ 6 milhões, Rodriguinho dificilmente permanecerá no clube africano. Os gastos que chamaram a atenção na última janela serão reduzidos e a tendência é que os contratados sejam remanejados.

Diante do cenário, levantou-se a possiblidade de o Flamengo investir US$ 4 milhões pelo ex-corintiano. Desta maneira, investidores árabes com participação no Pyramids seguiriam com uma parcela dos direitos do jogador.

Representante do clube egípcio no Brasil, Eduardo Maluf foi acionado para estreitar as conversas. Carlos Noval e Bruno Spindel, que representavam a gestão atual, saíram de cena com a vitória da chapa roxa no pleito.

Os representantes da diretoria comandada por Rodolfo Landim também fizeram contatos, mas questionaram o valor do investimento levando em conta a idade de Rodriguinho. As negociações, por sua vez, emperraram no debate quanto ao parcelamento para compra.

Os novos comandantes do futebol do Flamengo não aprovaram as condições impostas pelo Pyramids e o interesse esfriou. Com isso, o clube segue mapeando o mercado em busca de nomes para o meio-campo, principalmente para função que era desempenhada por Lucas Paquetá.

Fonte: Globoesporte

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.