Dome, Ceni ou Renato? Saiba quem deixou o Flamengo com melhor desempenho

#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça
a#flahoje #flamengo #mengo #mengão #sempreflamengo #flamengoatemorrer #issoaquiéflamengo #vaipracimadelesmengo #vamosflamengo #issoaquieflamengo #acimadetudorubronegro #rubronegro #umavezflamengo #flamenguista #maiordomundo #crf #srn #fla #raça

Com a queda de Renato Gaúcho após o vice campeonato da Copa Libertadores da América conquistado no último sábado contra o Palmeiras, no Uruguai, o Flamengo estuda ás oportunidades no mercado a procura de seu novo comandante visando a temporada de 2022. Entretanto, ao que parece, qualquer outro treinador que assuma o rubro-negro viverá na sombra de Jorge Jesus, que fez em 2019 coisas extraordinárias.

Em sua passagem pelo Flamengo, o português, além de apresentar um dos melhores estilos de jogo já vistos em terras canarinhas, deixou o time carioca com incríveis 81,2% de aproveitamento, além de cinco títulos conquistados: Libertadores e Brasileiro de 2019, Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Carioca de 2020.

Depois da saída de Jorge Jesus no inicio de 2020, o Flamengo trouxe o ex-auxiliar de Pep Guardiola, Domènec Torrent. O espanhol até tinha boas ideias, porém, não conseguiu executa-las e sua equipe sofria muitos gols, principal motivo da demissão do Catalão. Contudo, Dome deixou o rubro-negro com 64,1% de aproveitamento.

Com a experiência de um técnico estrangeiro não tendo dado certo com Dome, a diretoria do Flamengo resolveu investir novamente em um treinador brasileiro, e trouxe Rogério Ceni, que estava fazendo um grande trabalho no Fortaleza. Apesar de ter conquistado Brasileirão, Supercopa do Brasil e Carioca em sua passagem, o futebol apresentado não agradava a torcida e Ceni foi mandado embora com 59,2% de aproveitamento.

Por fim, Renato Gaúcho foi o que teve melhor aproveitamento após a era Jorge Jesus no Flamengo, com 72,07%. Porém, parecia que Portaluppi sofria pelo mesmo problema dos outros treinadores e não apresentava um futebol convincente a altura do elenco que o clube possui. Renato deixou o time carioca sem conquistar sequer um título, sendo eliminado da Copa do Brasil com derrota em casa para o Athletico-PR, se distanciado da conquista do Tricampeonato Brasileiro e perdendo a final da Libertadores para o Palmeiras por 2 a 1 na prorrogação.

Avatar of Romário Carvalho
Um amante do futebol. Mais um escritor com paixão por acompanhar o futebol de todo o Brasil e do mundo. Com trabalhos em outros portais, estou colaborando com o Fla Hoje nesse grande projeto.