• Início
  • Notícias
  • Flamengo tem participação importante em seminário social da CBF sobre formação de atletas no Brasil
Publicidade

Flamengo tem participação importante em seminário social da CBF sobre formação de atletas no Brasil

Publicidade

O Clube de Regatas do Flamengo teve participação importante no Seminário “Futebol: Um Olhar Humanizado na Formação de Atletas”. O evento aconteceu no último dia 13 na sede da CBF, no Rio de Janeiro, e teve o objetivo principal de discutir temáticas de suma importância para a formação de jovens atletas no país, como os aspectos extracampo e os saberes sociais, psicológicos e pedagógicos, que tanto contribuem para a formação cidadã destes jovens que estão inseridos nas categorias de base do futebol brasileiro. A temática do evento ressaltou a importância do trabalho realizado nos clubes pelos assistentes sociais, pedagogos e psicólogos, com mesas que abordaram temas como educação, saúde e família, e comportamento, sempre correlacionando esses tópicos aos direitos da criança e do adolescente.

Organizado pela CBF Social, o evento contou com a colaboração da Psicóloga rubro-negra Maria Eduarda Wolf e do Departamento Socioeducacional das Categorias de Base do Flamengo, composto pelo Coordenador Bruno Coev, pelos Assistentes Sociais Fernando Truyts e Gabriela Espinhoza, pela Estagiária de Serviços Sociais Mariana Meireles e pela Pedagoga Monique Sena. Além deles, o atacante Lázaro, artilheiro da categoria Sub-17 rubro-negra em 2019, participou da mesa “O Olhar do Atleta Sobre o Trabalho Realizado Fora de Campo, Voltado Para a Educação, Saúde e Família”, a Gerente de Responsabilidade Social do Flamengo Camila Nascimento falou sobre seu trabalho no clube e Eduardo Freeland, Gerente Geral do Futebol de Base do Flamengo, foi o mediador da mesa “Saberes e Práticas: Educação no Contexto Esportivo”.

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

“Entendo que um evento nesses moldes é fundamental para o desenvolvimento do futebol de base no Brasil, em função de trazer para debate um olhar humanizado e mais preocupado não somente com o atleta mas, principalmente, com o cidadão que entra em campo. Acredito que com um olhar cada vez mais voltado para o indivíduo, estaremos qualificando o nosso processo de formação dos jogadores e, consequentemente, do futebol desenvolvido por todos nós no Brasil“, disse Eduardo Freeland.

Falando sobre sua participação como mediador no evento, o Gerente Geral do Futebol de Base do Flamengo complementou:

“Tive o prazer de participar diretamente desse evento como mediador de uma importante mesa sobre a educação inserida no contexto esportivo, na qual tive a felicidade de dividir o palco com o Bebeto, grande ídolo do clube, além dos psicólogos Annie Rangel Kopanakis e Anderson Carneiro e da pedagoga Izabella Bastos, em um debate muito interessante através do qual creio que tenhamos dado nossa parcela de contribuição para esse evento tão importante para o futebol brasileiro que a CBF promoveu”, finalizou Freeland.

Reprodução: Site do Flamengo

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod