Flamengo tem reta final de Carioca agitado.

Por: Fla hoje

UOL – O
Flamengo costuma vivenciar um clima de ebulição na véspera de jogos decisivos.
A tradição é conhecida na Gávea, mas não deixa de incomodar. Os momentos ruins
são transformados em caos, enquanto a boa fase encontra um obstáculo para
tropeçar. E a situação não é diferente no momento mais importante do ano até
aqui.

Antes
mesmo da primeira partida da semifinal do Campeonato Carioca frente ao Vasco, o
Rubro-negro conviveu com problemas nos bastidores. A briga contra a Ferj (Federação
de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) pautou o dia a dia. Em meio ao
confronto, o time ficou dois jogos sem o técnico Vanderlei Luxemburgo –
suspenso por críticas à entidade -, empatou com o Nova Iguaçu e terminou com o
vice-campeonato da Taça Guanabara.
Em
paralelo, o persistente assédio do São Paulo a Luxa incomodou bastante a
diretoria, principalmente o presidente Eduardo Bandeira de Mello. O fato de
técnico, cartolas e jogadores falarem sobre assuntos extracampo na semana de um
duelo decisivo contra o Cruzmaltino foi avaliado internamente como possível
desvio de foco na reta final do Campeonato Carioca.
Cobiçado
pelo São Paulo, Luxemburgo falou bastante sobre o convite em entrevista
coletiva na última sexta-feira (10) e também o abordou frequentemente em
programas de canais por assinatura. Mais uma vez o fator extracampo superou a
semifinal contra o Vasco.
O
último ato foi a questão judicial envolvendo um irmão do atacante Marcelo
Cirino. O familiar do jogador foi preso por receptação em acusação datada de
2010, de acordo com o Jornal Extra. O camisa 7 se mostrou irritado com a
notícia e divulgou uma nota oficial sobre o caso horas antes do primeiro duelo
decisivo contra o Cruzmaltino.
A
atuação do artilheiro no empate por 0 a 0 com o Vasco foi abaixo da esperada.
Ele perdeu duas oportunidades de gols e ainda atingiu Guiñazu de forma desleal.
Procurado
pela reportagem para comentar o agitado bastidor rubro-negro durante mais um
período decisivo, o vice-presidente de futebol Alexandre Wrobel tratou o fato
com a conhecida sobriedade, porém, sem deixar de ressaltar a característica de
um clube constantemente pressionado.
“O
Vanderlei tem contrato até o final do ano. As partes estão felizes, o trabalho
segue em conjunto e ele já declarou que não tem intenção de sair. Não acredito
que este caso afete o foco ou a tranquilidade na semana de decisão. O Flamengo
é isso aí. Se não fosse assim, seria alguma outra coisa parecida. Sempre tem
algo. O Flamengo funciona desse jeito e vive disso”, encerrou o dirigente.

MAIS LIDOS

SAIU a escalação do Flamengo contra o São Paulo

O Flamengo joga na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, na ultima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece no estádio do Morumbi,...

Chances do Flamengo ganhar o Brasileirão disparam após vitória

O Flamengo vem de uma grande vitória no Campeonato Brasileiro, a mais importante do Rubro-negro até o momento no Brasileirão. Neste domingo, o Rubro-negro...

Veja a provável escalação do Internacional contra o Flamengo

O Internacional tem pela frente um grande jogo de futebol neste domingo. O time gaúcho irá medir forças com o Flamengo, em jogo que...

Escalação do Flamengo deve ter novidades; veja quem deve começar jogando

O Flamengo tem uma grande final pela frente para disputar. Neste domingo, o Rubro-negro carioca irá medir forças com o Internacional, em jogo decisivo...