Flamengo tenta exorcizar fantasmas contra Chilenos.

Willian Arão em Flamengo x San Lorenzo – Foto: Gilvan de Souza

EXTRA
GLOBO
: A última vez que o Flamengo teve uma história boa para contar contra os
chilenos na Libertadores foi justamente quando enfrentou seu primeiro
adversário do país andino. Depois do título sobre o Cobreloa, em 1981, a maré virou
a ponto de os times do Chile se tornarem um fantasma no caminho do Rubro-negro.
Quarta-feira, contra o Universidad Católica, a equipe de Zé Ricardo tentará o
exorcismo em Santiago.

O
momento é dos melhores para isso. O Flamengo vem de uma bela estreia contra o
San Lorenzo, da Argentina, que ajudou apagar rapidamente a decepção com o
vice-campeonato da Taça Guanabara. Talvez por isso que a confiança de Pará
esteja em níveis tão altos.
– Não
vamos mudar o jeito de jogar – frisou o lateral-direito: – É assim em qualquer
lugar do mundo, o Flamengo é grande e se impõe.
A
história rubro-negra contra os chilenos, na Libertadores, mostra o contrário.
Depois que Zico e cia. levantaram a taça sul-americana, o Flamengo enfrentou
times do país oito vezes: foram cinco derrotas, duas vitórias e um empate.
Para
se ter noção da dificuldade que o Flamengo enfrenta quando tem um adversário do
Chile pela frente, contra rivais argentinos, com tradição muito maior na
Libertadores, o time da Gávea tem retrospecto bem melhor: em sete partidas, são
cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota.
– Vai
ser um jogo difícil, complicado, mas vamos dar conta do recado – afirmou Pará,
no Ninho do Urubu.
FLAMENGO CONTRA CHILENOS NA LIBERTADORES:
Consagração
Em
1981, o Flamengo enfrentou o Cobreloa na decisão da Libertadores. Depois de
vencer em casa e perder no Chile, venceu a terceira partida em Montevidéu para
ser campeão.
Decepção
Na
Libertadores de 2002, o time enfrentou a Universidad Católica na fase de grupos
e perdeu os dois jogos: 3 a 1 no Maracanã e 2 a 1 no San Carlos de Apoquindo.
Overdose
Na
edição de 2010, o Flamengo caiu em um grupo com dois chilenos, a Universidad do
Chile e a Universidade Católica. Em quatro partidas, venceu uma, empatou outra
e perdeu outras duas.
Montillo carrasco
Nas
quartas de final, o time voltou a pegar a Universidad do Chile. Com grande fase
de Montillo, os chilenos bateram o Fla no Rio por 3 a 2 e perderam em casa por
2 a 1.

Por: FlaHoje

MAIS LIDOS

Gabigol treina com bola e empolga a torcida do Flamengo

O Flamengo se prepara para partida fundamental na temporada. Diante do Racing, muita coisa está em jogo, inclusive a tranquilidade para Rogério Ceni poder...

Jorge Jesus fala do Flamengo e cutuca FIFA; Assista

O técnico Jorge Jesus teve uma temporada especular no comando do Flamengo no ano passado. O treinador só não ganhou a Copa do Brasil,...

Um Fla inconstante na defesa e ataque, o que esperar do futuro?

Rogério Ceni chegou ao Flamengo após passagem turbulenta de Domenec Torrent no comando. Uma das principais necessidades do Flamengo para o restante da temporada...

Atacante do Fla recebe propostas e pode deixar o clube no fim do ano

O Flamengo possui uma das categorias de base mais promissoras do futebol sul-americano. Com tantos bons atletas a disposição do Rubro-negro, jovens atletas das...