sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Flamengo vence o Basquete Cearense em Fortaleza.

Flamengo vence o Basquete Cearense em Fortaleza.

GLOBO
ESPORTE – O animador no Ginásio Paulo Sarasate bem que tentou criar um clima de
favoritismo para o Basquete Cearense contra o Flamengo, evocando o carcará,
mascote do time e ave de rapina típica do Nordeste. Mas o que se viu na prática
foi um jogo marcado pelos erros das duas equipes. Quando resolveu atuar um
pouco melhor, o atual tricampeão do NBB abriu vantagem e venceu o amistoso de
preparação realizado nesta sexta-feira, em Fortaleza, por 68 a 58.
Felipe
Ribeiro, do Basquete Cearense, foi o melhor jogador de seu time e cestinha da
partida, com 18 pontos. Davi Rosseto também se destacou na armação de jogadas.
Do lado do Flamengo, os dois melhores jogadores foram os cestinhas da equipe
carioca. Marquinhos e JP Batista assinalaram 16 pontos, cada, e comandaram a
vitória rubro-negra.
No
primeiro amistoso entre os dois times, o que chamou a atenção foi o baixo
índice de pontuação. O terceiro quarto foi tão fraco que o placar foi de 9 a 7
para o Flamengo. As duas equipes voltam a se encontrar no domingo para mais um
amistoso, às 11h (12h de Brasília), no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.
Jogo pegado
Os
primeiros dez minutos de jogo foram bem intensos, mas cheios de erros das duas
equipes. Os donos da casa abusavam de errar lances de três pontos. Audrei,
Rashaun e Duda Machado não conseguiram converter uma bola sequer de longe. Pelo
menos até os últimos cinco segundos. Além disso, a marcação na defesa era
confusa. A ponto de Olivinha marcar dois pontos sozinho, de dentro do garrafão,
sem ter trabalho algum. O Flamengo, por sua vez, era desatento. Facilmente,
Rafael Luz e Meyinsse perdiam bolas dominadas.
As
falhas dos dois times foram diminuindo com o passar do jogo. Embora fosse
amistoso, Alberto Bial e José Neto armaram seus times para vencer. Enquanto o
Fla se posicionava melhor, os comandados de Bial iriam acertar os seus
arremessos de três pontos com o cronômetro quase zerado. Faltando três segundos
para terminar o primeiro quarto, Dudu fez arremesso despretensioso de antes do
meio da quadra. A bola entrou e o ginásio festejou o empate em 17 a 17.
No
segundo período, as bolas de longe começarem a cair para o Basquete Cearence,
principalmente com Felipe Ribeiro. No entanto, as bolas de dois pontos passaram
a ser artigo raro. A marcação apertada dos dois lados resultou em placar
apertado antes do intervalo: 35 a 34 para o Basquete Cearense.
Equilíbrio pelos erros
No
terceiro quarto, embora o jogo fosse bem movimentado, a bola caía menos ainda.
E dessa vez, nem em arremessos de três e muito menos de dois. Após sete
minutos, o Flamengo ganhava por apenas 5 a 3 na parcial. O panorama não mudou.
Embora o rubro-negro tenha deslanchado um nos últimos dois minutos, os
constantes erros equilibraram a partida e o placar do período terminou em 43 a
42 para o Fla.
O
Flamengo deslanchou e começou a mostrar seu favoritismo no último quarto. Nos
primeiros três minutos, construiu uma diferença de sete com marcação ainda mais
apertada sobre o Basquete Cearense. Do outro lado, o time comandado por Bial
aceitava a pressão rubro-negra e não apresentava muitas opções de jogada para
sair do revés. No final, 68 a 58 para o Flamengo.

MAIS LIDOS

Os pecados da diretoria na escolha do novo treinador

A diretoria rubro-negra logo que informada da saída de Jorge Jesus, deixou algo bem claro, gostaria de contar novamente com um estrangeiro. Tal decisão...

Opinião: Dias contados para Domenec no Flamengo

Uma derrota vexatória diante do Independiente Del Valle, uma atuação totalmente desinteressada e uma torcida que perdeu a paciência, esses e outros fatores apontam...

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...