sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Flamengo volta a maratona de clássicos e públicos baixos.

Flamengo volta a maratona de clássicos e públicos baixos.

Um clássico, pelo profissional, no Maracanã… Não sei nem o que dizer. Hoje (sexta-feira), na hora de dormir, vai ser complicado“. As palavras são de Matheus Thuler, de 18 anos, zagueiro recém-promovido ao elenco profissional do Flamengo que vive a véspera do primeiro duelo com o Vasco. A expectativa do garoto, no entanto, não se reflete no torcedor carioca.

Só 8 mil pessoas – até a noite de sexta-feira (26) – compraram antecipadamente ingressos para o clássico deste sábado (27), às 17h (de Brasília), no Maracanã. Número que significa pouco mais de 10% da capacidade do Templo do futebol. Pesa o fato de o Flamengo, mandante da partida, prometer jogar quase desfigurado, sem as principais estrelas e com muitos garotos, como aconteceu nas rodadas anteriores. Mas, o problema vai além: os muitos clássicos valendo pouco e o interesse baixo no Estadual ajudam a afastar o torcedor.
Em 2017, o Flamengo, que domina quase 50% da torcida carioca, segundo o Ibope, jogou nove clássicos no Carioca. Destes, cinco tiveram públicos que encheram mais da metade do estádio, contando as duas finais contra o Flu. Ou seja, quatro jogos entre os principais clubes do estado não passaram dos 50% de taxa de ocupação. Sem envolver o Rubro-Negro, o cartão de visitas de 2018 não foi positivo: no primeiro clássico do ano no futebol carioca, o Fluminense e Botafogo da segunda rodada da Taça Guanabara, só 8.538 pessoas se deram ao trabalho de ir ao Maracanã – 7126 pagaram por ingressos.
A decisão de 2017 foi o que fez os números aumentarem, já que 109.063 torcedores foram ao Maracanã assistir aos dois Fla-Flus. Para efeito de comparação, a soma dos públicos dos sete clássicos anteriores dá 142.601. Proporcionalmente, no último ano, o pior número foi na semifinal contra o Botafogo, em 23 de abril: 20.853 pessoas presentes no Maracanã e taxa de ocupação de 26,4%.
Apesar do interesse reduzido do público, a conquista do Carioca de 2017 foi especialmente comemorada pelo Flamengo justamente pelo número de confrontos com rivais: nove. Isso em 17 jogos. Com o mesmo formato de competição, a maratona vai se repetir neste ano se o Rubro-Negro alcançar a final e os rivais chegarem às decisões da Taça Guanabara e da Taça Rio.
CLÁSSICOS DO FLAMENGO NO CARIOCA 2017
​JOGO PÚBLICO PRESENTE​ ESTÁDIO (CAPACIDADE)​
​Botafogo 1×2 Flamengo 23.406​ Nilton Santos (44.500)​
​Flamengo 1×0 Vasco 6.979​ Raulino de Oliveira (18.230)​
Fluminense 3×3 Flamengo​ 27.549​ Nilton Santos (44.500)​
​Flamengo 2×2 Vasco 28.071​ Mané Garrincha (69.349)​
Fluminense 1×1 Flamengo​ 11.127​ Kleber Andrade (16.600)​
Vasco 0x0 Flamengo​ 24.616​ Maracanã (78.838)​
Flamengo 2×1 Botafogo​ 20.853​ Maracanã (78.838)​
​Fluminense 0x1 Flamengo 40.898​ ​Maracanã (78.838)
​Flamengo 2×1 Fluminense 68.165​ ​Maracanã (78.838)

Por Esporte Interativo

MAIS LIDOS

Os pecados da diretoria na escolha do novo treinador

A diretoria rubro-negra logo que informada da saída de Jorge Jesus, deixou algo bem claro, gostaria de contar novamente com um estrangeiro. Tal decisão...

Opinião: Dias contados para Domenec no Flamengo

Uma derrota vexatória diante do Independiente Del Valle, uma atuação totalmente desinteressada e uma torcida que perdeu a paciência, esses e outros fatores apontam...

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...